Estresse salino na emergência e desenvolvimento inicial de plântulas de jurema-branca

Authors

DOI:

10.34062/afs.v7i3.8624

Keywords:

Piptadenia stipulacea. Irrigação. Salinidade. Vigor.

Abstract

A Piptadenia stipulacea Benth., conhecida popularmente como jurema-branca, é uma espécie arbórea de pequeno porte, nativa da Caatinga, amplamente distribuída na região Nordeste do Brasil, sendo considerada de grande interesse comercial, econômico e ambiental para a região pelas suas características de uso múltiplo. O presente trabalho teve com o objetivo avaliar o efeito de diferentes concentrações salinas em água de irrigação na emergência e desenvolvimento inicial de plântulas de jurema-branca. O delineamento estatístico utilizado foi o inteiramente casualizado, com sete tratamentos e quatro repetições, com 25 sementes cada. Os tratamentos consistiram das concentrações salinas (0,5; 1,5; 2,5; 3,5; 4,5; 5,5 e 6,5 dS m-¹), que foram obtidas através da adição de NaCl em água de forma que as soluções fossem calibradas para as condutividades elétricas pré-estabelecidas. As variáveis avaliadas foram a porcentagem de emergência, velocidade de emergência, altura de plântula, número de folhas, comprimento de raiz e massa seca da parte aérea, raiz e total. A espécie possui tolerância moderada a salinidade, suportando salinidades de 4,5 dS m-¹ sem que haja perdas significativas de germinação e número de folhas. No entanto, a irrigação com água salina afeta de forma negativa as plântulas de jurema-branca, comprometendo seu desenvolvimento quanto ao acúmulo de massa e crescimento da parte aérea.

References

Andréo-souza, Y, Pereira, AL, Silva, FFS, Riebeiro-reis, RC, Evangelista, MRV, CASTRO, RD, Dantas, BF (2010) Efeito da salinidade na germinação de sementes e no crescimento inicial de mudas de pinhão-manso. Revista Brasileira de Sementes, 32 (2): 83-92. http://www.scielo.br/pdf/rbs/v32n2/v32n2a10

Barreto, HBF. Freitas, RMO, Oliveira, LAA, Araujo, JAM, Costa, EM (2010) Efeito da irrigação com água salina na germinação de sementes de sabiá (Mimosa caesalpiniifolia Benth.). Revista Verde, 5 (3): 125-130.

https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/viewFile/314/314

Edmond, JB, Drapala, WJ (1958) The effects of temperature, sandand soil, and acetone on germination of okra seeds. Proceedings of American Society of Horticultural Science, 71: 428-434.http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_nlinks&ref=000090&pid=S0101-3122200500010000800011&lng=pt

Farias, RMF, Freitas, RMO, Nogueira, NW, DombroskI, JLD (2015) Superação de dormência em sementes de Jurema-branca (Piptadenia stipulacea). Revista de Ciências Agrárias, 56 (2):160-165. http://dx.doi.org/10.4322/rca.2013.024

Farias, SGG, Freire, ALO, Santos, DR, Bakke, IA, Silva, RB (2009) Efeitos dos estresses hídrico e salino na germinação de sementes de gliricidia [Gliricidia sepium (JACQ.) STEUD.]. Revista Caatinga, 22 (4): 52-157.

https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/1329

Ferreira, DF (2011) Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35 (6). 1039-1042. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542011000600001

Freitas, RMO, Nogueira, NW, Oliveira, FN, Costa, EM, Ribeiro, MCC (2010) Efeito da irrigação com água salina na emergência e crescimento inicial de plântulas de Jucá. Revista Caatinga, 23 (3): 54-58.

https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/1627/4592

Guimarães, IP, Oliveira, FN, Vieira, FER, Torres, SB (2013) Efeito da salinidade da água de irrigação na emergência e crescimento inicial de plântulas de mulungu. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, 8 (1): 137-142. https://dx.doi.org/10.5039/agraria.v8i1a2360

Holanda, JS, Amorim, JRA, Neto, MF, Holanda, AC (2010) Qualidade da água para irrigação. In: Gheyi, RH, Dias, NS, Lacerda, CF, (Eds.) - Manejo da salinidade na agricultura: Estudos básicos e aplicados. Fortaleza, INCT Sal. 472p.

Leal, CCP, Dantas, NBL, Torres, SB, Vale, AAM, Freitas, RMO (2019) Initial development of Combretum leprosum Mart. seedlings irrigated with saline water of different cationic natures. Revista Ciência Agronômica, 50 (2): 300-306.

https://dx.doi.org/10.5935/1806-6690.20190035

Leal, CCP, Torres, SB, Nogueira, NW, Freitas, RMO, Farias, RM (2015) Emergence and early development of seedlings of Mimosa ophthalmocentra Mart. ex Benth. irrigated with brackish water. Bioscience Journal, 31 (3): 759-766.

http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/26082/16461

Lima, BG, Torres, SB (2009) Estresse hídrico e salino na germinação de sementes de Zizyphus joazeiro Mart. (Rhamnaceae). Revista Caatinga, 22 (4): 93 -99.

https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/1455/pdf

Lima, MGS, Lopes, NF, Moraes, DM, Abreu, CM (2005) Qualidade fisiológica de sementes de arroz submetidas a estresse salino. Revista Brasileira de Sementes, 27 (1): 54-61. https://dx.doi.org/ 10.1590/S0101-31222005000100007

Maia, NG (2012) Caatinga: árvores e arbustos e suas utilidades. 2 ed. São Paulo: D & Z Computação Gráfica e Editora, 413p.

Matias, JR, Torres, SB, Freire, JNT, Alencar, SS, Dantas, BF (2018) Germinação de sementes de Cenostigma pyramidale sob diferentes temperaturas e salinidades. Informativo Abrates, 18 (1). http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1109073

Nogueira, NW, Lima, JSS, Freitas, RMO, Ribeiro, MCC, Leal, CCP, Pinto, JRS (2012ª) Efeito da salinidade na emergência e crescimento inicial de plântulas de flamboyant. Revista brasileira de Sementes, 34 (3): 466-472.

http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222012000300014.

Nogueira, NW, Ribeiro, MCC, Freitas, RMO, Matuoka, MY, Sousa, VFL (2012b) Emergência e desenvolvimento inicial de plântulas Mimosa caesalpiniifolia Benth. em função de diferentes substratos. Revista Agroambiente, 6 (1): 17-24. http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v6i1.695

Oliveira, FRA, Oliveira, FA, Guimarães, IP, Medeiros, JF, Oliveira, MKT, Freitas, AVL, Medeiros, MA (2009) Emergência de plântulas de moringa irrigada com água de diferentes níveis de salinidade. Bioscience Journal, 25 (5): 66-74.

http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6987/4630

Perez, SCJGA, Jardim, MM (2005) Viabilidade e vigor de sementes de paineira após armazenamento, condicionamento e estresses salino e térmico. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 40 (6): 587-593. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2005000600009

Ribeiro, MCC, Barros, NMS, Barros Júnior, AP, Silveira, LM (2008) Tolerância do sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.) à salinidade durante a germinação e o desenvolvimento de plântulas. Revista Caatinga, 21 (5): 123-126.

https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/875/486

Silva, MBR, Batista, RC, Lima, VLA, Barbosa, EM, Barbosa MFN (2005) Crescimento de plantas jovens da espécie florestal favela (Cnidosculus phyllacanthus Pax & K. Hoffmem) em diferentes níveis de salinidade da água. Revista de Biologia e Ciências da Terra, 5 (2).

http://joaootavio.com.br/bioterra/workspace/uploads/artigos/favela-5182deea7c904.pdf

Taiz, L.; Zeiger, E (2013) Fisiologia vegetal. 5 eds. Porto Alegre: ARTMED, 918p.

Tester, M, Davenport, R (2003) Na+ tolerance and Na+ transport in higher plants. Annals of Botany, 91 (3): 503-527. https://doi.org/10.1093/aob/mcg058

Published

2020-11-03