Os Avanços e os Limites da Queda Recente da Desigualdade no Brasil.

Patrícia Andrade de Oliveira e Silva

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar os avanços e os limites na análise da queda recente verificada na desigualdade no Brasil. É sabido que durante os anos 2000, a alteração verificada no Índice de Gini teve como efeitos a redução expressiva da pobreza extrema, com um crescimento de quase 20% na renda desses indivíduos. No entanto, apesar da melhora nos rendimentos - derivado da conjugação entre o aquecimento da economia nacional (com expansão do consumo, melhora dos preços relativos e maior atuação das políticas sociais) e internacional - alguns trabalhos argumentam que a desigualdade deve ser vista por um prisma multidimensional. Nesse sentido, pretende-se sintetizar e analisar a literatura acerca do tema, demonstrando as suas limitações e propondo novos enfoques para o estudo da realidade brasileira.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.19093/res.v15i29.1862

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Este periódico está indexado nas bases: 

    

 

Revista de Estudos Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso/Cuiabá-MT/Brasil

Faculdade de Economia

Boa Esperança, Cuiabá-MT. CEP: 78.060-900

Telefone:(65)3615.8522 – RAMAL:203

Email: ufmt.fe.res@gmail.com