Tipificação e Análise de Sustentabilidade em Sistemas Agrícolas Familiares no Distrito de Água Fria, Chapada dos Guimarães, Mato Grosso

Aldo Assunção da Cunha, Carlos Alberto Moraes Passos, Carlo Ralph de Musis

Resumo


Este artigo tipifica e analisa 25 sistemas agrícolas familiares em propriedades de até 100 ha no Distrito de Água Fria, Município de Chapada dos Guimarães, Mato Grosso. Foram definidos 49 indicadores, entre originais e categorizados, em torno de 4 grupos de variáveis: uso e conservação de recursos naturais, sustentabilidade econômica, uso e potencial do horto e apoio institucional. A técnica de análise de agrupamento (clusters), aplicada a estas variáveis, permitiu a tipificação de 4 grupos de sistemas agrícolas distintos, validados pela abordagem sistêmica, caracterizando-se cada um deles em função das atividades mais importantes (subsistemas ou componentes), tais como: a criação extensiva de bovinos associada a propriedades com maiores áreas; atividade de indústria caseira, relacionada ao reduzido tamanho de área; área de lavoura mais importante em explorações; e regulamentação de posses mais recentes e maior diversificação de espécies plantadas no horto.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Este periódico está indexado nas bases: 

    

 

Revista de Estudos Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso/Cuiabá-MT/Brasil

Faculdade de Economia

Boa Esperança, Cuiabá-MT. CEP: 78.060-900

Telefone:(65)3615.8522 – RAMAL:203

Email: ufmt.fe.res@gmail.com