A produção de sentido de texto literário em sala de aula por estudantes portugueses do 2º ano do 1º Ciclo da Escola Básica: uma proposta de análise da dinamicidade das vozes nas fronteiras dos enunciados

Autores

  • Sandra Patrícia Ataíde Ferreira tandaa@terra.com.br
    Universidade Federal de Pernambuco

Palavras-chave:

compreensão responsiva, arquitetônica dialogizada, significado da palavra

Resumo

Assume-se a leitura como compreensão responsiva que acontece na/pela dinamicidade de vozes sociais, que faz emergir diferentes sentidos. Assim, objetivou-se apresentar uma proposta de análise da leitura em contexto de sala de aula, em uma perspectiva enunciativa, pautada nas teias dialógicas que se materializam nas fronteiras dos enunciados. Para tal, foi realizada uma observação em sala de aula do 2º Ano do 1º Ciclo do Ensino Básico de Portugal, de uma escola pública de Lisboa, em situação de ensino e aprendizagem do domínio da Educação Literária; bem como analisado o documento de política pública na área do ensino do Português que orienta as ações dos professores nesse nível de ensino. Foi realizada uma análise qualitativa que privilegiou a integração dos domínios ideológicos do dialogismo bakhtiniano e da psicologia histórico-cultural de Vigotski, com ênfase, em especial, nas categorias teóricas de arquitetônica dialogizada e de significado da palavra, respectivamente. Os resultados indicam que a professora responde ao enunciado dos documentos oficiais de prescrição e os alunos respondem ao enunciado da autora do texto literário, indicando que eles reconceptualizam o que foi prescrito pela professora para o trabalho de aprendizagem de leitura.

Biografia do Autor

Sandra Patrícia Ataíde Ferreira, Universidade Federal de Pernambuco

Psicóloga. Doutora em Psicologia Cognitiva. Professora Associado, lotada no Departamento de Psicologia e Orientação Educaicionais, do Centro de Educação;professora da Pós-graduação em Psicologia Cognitiva, UFPE.

Referências

AMIGUES, R. Trabalho do professor e trabalho de ensino. In: MACHADO, A. R. (org.). O ensino como trabalho: uma abordagem discursiva. Londrina: Eduel, 2004, p. 35-53.

APRENDIZAGENS ESSENCIAIS - ARTICULAÇÃO COM O PERFIL DOS ALUNOS. Português. 2º Ano 1º Ciclo, Ensino Básico. República Portuguesa, 2018. Disponível em: http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Curriculo/Aprendizagens_Essenciais/10_portugues.pdf. Acesso em: 03 jan. 2019.

BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. 415p.

______. Para uma filosofia do ato. Tradução de Carlos Alberto Faraco e Cristovão Tezza da edição americana Toward a philosophy of the act. Austin: University of Texas Press, 1993 [1919-21]. 108p. (Tradução destinada exclusivamente para uso didático e acadêmico).

BRONCKART, J-P. Atividade de linguagem, textos e discursos: por um interacionismo sociodiscursivo. Tradução de Anna Raquel Machado e Péricles Cunha. São Paulo: EDUC, 2003 [1997]. 353 p.

FARACO, C. A. O estatuto da análise e da interpretação dos textos no quadro do Círculo de Bakhtin. In: GUIMARÃES, A. M. M.; MACHADO, A. R.; COUTINHO, A. (orgs.). O interacionismo sociodiscursivo: questões epistemológicas e metodológicas. (Coleção Ideias sobre Linguagem). Campinas, SP: Mercado das Letras, 2007. p. 43-50.

FERREIRA, S. P. A.; LIMA, M. P. T. N.; GONÇALVES, F. M. da S. A interlocução entre aluno-leitor/autor em sala de aula e a mediação do docente universitário. Psicologia: Teoria e Prática, v. 13, n. 1, p. 62-74, 2011.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Tradução de Joice Elias Costa. Porto Alegre: Artmed, 2009. 405p.

FREIRE, P. A importância do ato de ler. São Paulo: Cortez, 2006.

FRIEDRICH, J. Lev Vigotski: médiation, apprentissage et développement - une lecture philosophique et épistémologique. Collection Carnets des sciences de l’éducation. Université de Génève, Faculté de Psychologie et des Sciences de l’Éducation, Genève, 2012.

MACHADO, I. A questão espaço-temporal em Bakhtin: cronotopia e exotopia. In: PAULA, L. de; STAFUZZA, G. (org.). Círculo de Bakhtin: teoria inclassificável. Campinas: Mercado de Letras, 2010. 447p.

VIGOTSKI, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2001. p. 395-486.

VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991. 90p.

YIN, R. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução de Daniel Grassi. Porto Alegre, RS: Bookman, 2001. 173p.

Publicado

2020-09-22

Como Citar

ATAÍDE FERREIRA, S. P. A produção de sentido de texto literário em sala de aula por estudantes portugueses do 2º ano do 1º Ciclo da Escola Básica: uma proposta de análise da dinamicidade das vozes nas fronteiras dos enunciados. Polifonia, [S. l.], v. 27, n. 46, 2020. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/9331. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Outros lugares