Mídias locativas: arte e ativismo no mapeamento da cidade

Autores

  • Daniel Melo Ribeiro PUC-SP

Resumo

Este estudo debate o tema das mídias locativas, uma tendência que trata das implicações derivadas do uso de aparatos geradores de conteúdo digital associado a uma localidade. Em particular, são enfatizados projetos de mídia locativa que exploram práticas de mapeamento baseadas em redes de comunicação e dispositivos móveis para fins artísticos ou ativistas. O objetivo é discutir como o mapeamento em projetos de mídia locativa permite refletir sobre os espaços e os lugares no contexto contemporâneo das cidades. Para isso, são analisados alguns exemplos que reforçam duas características das mídias locativas: o mapeamento de rastros e o mapeamento como processo. Dessa forma, as mídias locativas se apresentam como um rico campo de investigação sobre a maneira como os espaços são percebidos através da mediação dos mapas e das tecnologias digitais.

Palavras-chave: mapas, mídias locativas, arte.

Referências

ABRAMS, J.; HALL, P. (Ed.). Else/Where Mapping: new cartographies of networks and territories. Minneapolis: University of Minnesota Design Institute, 2011.

BROTTON, J. Uma história do mundo em doze mapas. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

BRUNO, F. Dispositivos de vigilância no ciberespaço: duplos digitais e identidades simuladas. Revista Fronteiras: estudos midiáticos, São Leopoldo, v. 3, n. 2, p. 152-159, 2006. Disponível em: < http://revistas.unisinos.br/index.php/fronteiras/article/view/6129>. Acesso em: 19 jun. 2019.

BRUNO, F. Rastros digitais sob a perspectiva da teoria ator-rede. Revista FAMECOS: mídia, cultura e tecnologia, Porto Alegre, v. 19, n. 3, p. 681-704, 2012.

CAQUARD, S. Cartography III: A post-representational perspective on cognitive cartography. Progress in Human Geography, United Kingdom, v. 39, n. 2, p. 225–235, 2015.

CARDIFF, J.; MILLER, G. B. Alter Bahnhof video walk. Website dos artistas. Disponível em: <http://www.cardiffmiller.com/artworks/walks/bahnhof.html>. Acesso em: 22 set. 2017.

CRAMPTON, J.; KRYGIER, J. An introduction to critical cartography. ACME: an International E-journal for Critical Geographies, Kelowna, Canada, v. 4, n. 1, p. 11-33, 2006.

FARMAN, J. Mobile interface theory: embodied space and locative media. Nova Iorque: Routledge, 2012.

FRANCO, J. R. Cartografias subversivas em mídias locativas. 2014. 206 f. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

HARLEY, J. B. The new nature of maps: essays in the History of Cartography. Baltimore: The Johns Hopkins University Press, 2001.

LEMOS, A. Mídia locativa e territórios informacionais. In: SANTAELLA, L.; ARANTES, P. (Org.). Estéticas tecnológicas: novos modos de sentir. São Paulo: Educ, 2008a.

LEMOS, A. Mobile communication and new sense of places: a critique of spatialization in cyberculture. Revista Galáxia, São Paulo, n. 16, p. 91-108, dez. 2008b.

MÖNTMANN, N.; DZIEWIOR, Y. (Org.). Mapping a City: Hamburg-Kartierung. Berlin: Hatjie Cantz, 2004.

NOLD, C. (Ed.). Emotional Cartographies: technologies of the self. 2009. Disponível em: <http://emotionalcartography.net/>. Acesso em: 25 set. 2017.

NÖTH, W.; SANTAELLA, L. Introdução à semiótica: passo a passo para compreender os signos e a significação. São Paulo: Paulus, 2017.

RIBEIRO, D. M. Limiares da cartografia: deambulação, arqueologia e montagem no mapeamento de lugares. 2018. 298 p. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.

RIBEIRO, D. M.; CAQUARD, S. Cartography and Art. The Geographic Information Science & Technology Body of Knowledge. Ithaca, NY: 1st Quarter 2018 Edition/John P. Wilson, 2018.

SANTAELLA, L. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.

SANTAELLA, L. A ecologia pluralista da comunicação: conectividade, mobilidade, ubiquidade. São Paulo: Paulus, 2010.

SODEN, R.; PALEN, L. From crowdsourced mapping to community mapping: The post-earthquake work of OpenStreetMap Haiti. In: COOP 2014-Proceedings of the 11th International Conference on the Design of Cooperative Systems, Maio de 2014. Nice, França: Springer, Cham, 2014. p. 311-326.

TUTERS, M.; VARNELIS, K. Beyond Locative Media. Networked Publics. University of Southern California's Annenberg Center for Communication, 2006. Disponível em: <http://networkedpublics.org/locative_media/beyond_locative_media.html>. Acesso em: 13 out. 2017.

Downloads

Publicado

2019-07-16