A EROTOMANIA NA OBRA CARTAS PORTUGUESAS

Luís Fernando Barnetche Barth

Resumo


 

 

O presente artigo examina a obra Cartas Portuguesas à luz da teoria psicanalítica, mostrando como a autora utilizou-se da escrita epistolar para dar vazão, organizar e, por fim, liquidar o seu delírio erotomaníaco transformando-o em obra literária.

Palavras-chave: Cartas Portuguesas, psicanálise, erotomania.

 

EROTOMANIA IN THE WORK LETTERS OF A PORTUGUESE NUN

 

Abstract: This article examines the work Letters of a Portuguese Nun through psychoanalytic theory, demonstrating that the author made use of the epistolary novel to vent, organize, and finally liquidate her erotomaniacal delirium by transforming it into a literary work.

Keywords: Letters of a Portuguese Nun, psychoanalysis, erotomania.

 

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


          
 

                           

 

 
contador de acesso grátis Acessos

 

PERIÓDICO POLIFONIA
Universidade Federal de Mato Grosso/Cuiabá-MT/Brasil
Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens – Mestrado e Doutorado
Instituto de Linguagens – Piso 2, sala 42. Av. Fernando Corrêa da Costa, 2.367, Boa Esperança, Cuiabá-MT. CEP: 78.060-900
(65)3615.8408 – Fax: (65)3615.8418
http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia
polifoniapa@gmail.com

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Design e editoração eletônica