Apresentação

Renilson Rosa Ribeiro, Luís César Castrillon Mendes, Mairon Escorsi Valério

Resumo


A partir do final dos anos 1970, com os desdobramentos da “Virada Linguística” e do “Retorno da Narrativa”, na seara dos historiadores e críticos literários enfrentamentos, negociações e intercâmbios desestruturam a aparente rigidez epistêmica, metodológica e teórica entre os campos disciplinas da História e Literatura. O debate entre campos na cidade letrada contemporânea, transfigura nas universidades, ganharam novos impulsos também a partir dos dilemas identitários dos movimentos das mulheres, negros, indígenas, LGBTs questionando as meta-narrativas e conceitos fechados como cultura, classe, raça e gênero.

As fronteiras “móveis” entre a História e a Literatura na abordagem de termos explosivos como verdade, fábula, fato, ficção, narrativa autorizaram uma vasta gama de estudos, discussões e proposições intempestivas sobre o ato de escrever, de fazer ciência.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


          
 

                           

 

 
contador de acesso grátis Acessos

 

PERIÓDICO POLIFONIA
Universidade Federal de Mato Grosso/Cuiabá-MT/Brasil
Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens – Mestrado e Doutorado
Instituto de Linguagens – Piso 2, sala 42. Av. Fernando Corrêa da Costa, 2.367, Boa Esperança, Cuiabá-MT. CEP: 78.060-900
(65)3615.8408 – Fax: (65)3615.8418
http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia
polifoniapa@gmail.com

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Design e editoração eletônica