Dossiê: Encruzilhadas epistêmicas: decolonialidades, espistemologias do Sul, estudo queer e feministas na educação linguística e na formação de professores de línguas

2021-04-15

Este dossiê reúne trabalhos que, a partir de distintas abordagens teóricas e metodológicas, apontam para as interseções entre epistemes contra hegemônicas, orientadas por diferentes “Epistemologias do Sul” como locus de enunciação para a materialização de pedagogias e contra pedagogias decoloniais, bem como enfatizam suas possibilidades praxiológicas e ontológicas. Para tanto, o presente dossiê aborda como a crítica decolonial se arvora nas distintas problematizações que envolvam encruzilhadas epistêmicas, com foco nas decolonialidades de gênero, manifesta nas perspectivas dos feminismos decoloniais, estudos de gênero e seus efeitos na e para a educação linguística e a formação de professores de línguas no cenário do Sul global. Portanto, pretendemos reafirmar a perspectiva e a opção decoloniais como um movimento de insurgência, resistência e contingência que aglutinam estratégias, metodologias e práxis diversas.