https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/issue/feed Revista de Educação Pública 2020-10-03T11:38:09+00:00 Filomena Maria de Arruda Monteiro secretariarepufmt@gmail.com Open Journal Systems <p>ISSN 2238-2097 <span style="color: rgba(0, 0, 0, 0.87); font-family: 'Noto Sans JP'; font-size: 14px; font-style: normal; font-variant-ligatures: normal; font-variant-caps: normal; font-weight: 400; letter-spacing: normal; orphans: 2; text-align: start; text-indent: 0px; text-transform: none; white-space: normal; widows: 2; word-spacing: 0px; -webkit-text-stroke-width: 0px; background-color: #ffffff; text-decoration-thickness: initial; text-decoration-style: initial; text-decoration-color: initial; display: inline !important; float: none;">| </span>Prefixo DOI 10.29286</p> <p>A Revista de Educação Pública (Qualis A2) é um periódico do campo da Educação. Com editoração da EdUFMT, a Revista foi fundada em 1992, mediante desdobramentos de ações do Programa de Pós Graduação em Educação da UFMT. Sua periodicidade é quadrimestral, sendo publicada em versão <em>online</em> e impressa e estruturada em seções. Entre seus três números anuais, um caracteriza-se como temático e os demais pela demanda de textos, em fluxo contínuo, integrados às respectivas seções. Todos os manuscritos são avaliados por pares e <em>ad hoc</em>, submetendo-se aos mesmos procedimentos e rigor de avaliação. A Revista objetiva publicar textos originais e inéditos, contribuindo para a difusão da ciência, considerando as diferentes perspectivas teórico-metodológicas, em tempos e espaços diversos, no sentido de fomentar o intercâmbio de pesquisas de abrangência regional, nacional e internacional.</p> <p>Licenciado sob uma <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/" target="_new" rel="license">Licença Creative Commons Attribution 3.0 </a>. <br />Licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License</p> https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/9912 Políticas públicas para formação de professores: entre conquistas, retrocessos e resistências 2020-05-26T12:32:06+00:00 Denise Silva ARAÚJO denisearaujo17@gmail.com Iria BRZEZINSKI iriaucg@yahoo.com.br Helvécio Goulart Malta de SÁ helveciogms@gmail.com Artigo resultante de pesquisa de cunho teórico e documental, no qual se analisam conquistas e retrocessos no campo das políticas públicas para formação de professores no tempo presente, no Brasil. Objetiva-se apontar agendas necessárias para o movimento de resistência aos retrocessos, anunciar possibilidades de avanços e desafios a enfrentar. Para tanto, adota-se a orientação do materialismo histórico dialético, que permite apreender e revelar as contradições da realidade concreta. Na atual conjuntura de graves ataques à garantia do direito constitucional à educação pública estatal de qualidade social e às políticas de formação docente, é indispensável a resistência ativa e propositiva. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/7985 A formação de professores de Biologia no contexto das pesquisas acadêmicas brasileiras 2020-05-26T12:32:06+00:00 Adda Daniela Lima Figueiredo ECHALAR docenciaonline2012@gmail.com Rones de Deus PARANHOS paranhos.rones@gmail.com Simone Sendin Moreira GUIMARÃES sisendin@gmail.com O texto visa compreender as tendências e as lacunas presentes nas dissertações e teses (D&amp;T) sobre a formação de professores de Biologia no Brasil. Pautada numa perspectiva crítica e de caráter exploratório, fez-se análise dos resumos de D&amp;T disponíveis na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), com as seguintes palavras-chave: formação de professores e ensino de Biologia. A análise se efetuou sobre 99 trabalhos, que compuseram o corpus pesquisado, quanto: à distribuição geográfica e institucional da produção científica e a aspectos metodológicos das pesquisas; às recorrências e aos silenciamentos das pesquisas sobre a formação de professores de Biologia no Brasil. <br /><br /> 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/7788 Formação de professores e a Reforma do Ensino Médio: aprofundamento da (des) regulamentação da docência na Educação Profissional Técnica de Nível Médio 2020-05-26T12:32:06+00:00 Tatiana Das MERCES tatianadasmerces@gmail.com Marcelo LIMA marcelo.lima@ufes.com.br <p>A partir da análise documental-bibliográfica, esta pesquisa analisa as principais legislações que regulamentam a formação docente para Educação Profissional, defendendo a necessidade de políticas públicas de formação docente como fundamentais para formação crítica dos professores. Os dados desta pesquisa apontam que, no Brasil, essas políticas sofreram com a descontinuidade e a fragmentação das ações por parte dos governos. Soma-se a isso a Reforma do Ensino Médio que, ao autorizar profissionais com notório saber a atuar na educação técnica e profissional, aponta para desvalorização da formação docente e para o desmanche dos direitos sociais. </p> 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8023 Considerações sobre lacunas decorrentes da formação oportunizada no curso de Licenciatura em Matemática no Brasil 2020-05-26T12:32:06+00:00 Eliana Alves Pereira LEITE eliana.leite@unir.br Cármen Lúcia Brancaglion PASSOS carmen@ufscar.br Na profissão docente há diferentes contextos que integram a trajetória formativa, dentre as quais destaca-se a formação inicial. Refletir sobre a formação oportunizada em cursos de Licenciatura em Matemática coloca em evidência as suas potencialidades e limitações, bem como a repercussão dessa formação acadêmica na atuação profissional. Neste estudo, objetivou-se apresentar considerações sobre lacunas decorrentes da formação oportunizada no curso Licenciatura em Matemática. Metodologicamente, caracteriza-se como um ensaio teórico. Foram apresentadas considerações de nove lacunas. Espera-se que os resultados possibilitem reflexões acerca da necessidade de se garantir marcos referenciais profissionais na formação de professores de matemática. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8447 O PIBID de Educação Física da UEM-PR: uma reflexão com a prática escolar 2020-05-26T12:32:06+00:00 Bruno Nicolau Cerine da CRUZ bruno-piaui@hotmail.com Carlos Henrique Ferreira MAGALHÃES chfmagalhaes@uem.br Gabriel Ferezin CAMARGO gafcamargo@gmail.com Este artigo busca analisar a prática escolar na proposta de ensino do PIBID Educação Física da UEM-PR (2014-2017). Esta pesquisa documental analisou os planos de aula objetivados pelos Pibidianos para o 8º ano de uma escola pública estadual na cidade de Maringá-PR, por meio da técnica de interpretação hermenêutica-dialética. Concluiu-se que os pressupostos teóricos norteadores da prática escolar contribuíram com a formação inicial dos Pibidianos, na medida em que possibilitaram aproximar a teoria da prática escolar objetivada numa Perspectiva Crítico-Superadora, fundamentada na tendência Pedagógica Histórico-Crítica e na concepção de desenvolvimento humano da Teoria Histórico-Cultural. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/4198 O olhar do aluno sobre o contexto do estudo da química e a possibilidade de transformação 2020-05-26T12:32:06+00:00 Dayana Fernandes LEÃO anayadfernandes@hotmail.com Thyego Mychell Moreira SANTOS thymy25@hotmail.com Rita Rodrigues de SOUZA ritarodrigues.souza@bol.com.br Esta pesquisa tem como objetivo compreender a inconsistência entre o ensino e a aprendizagem na disciplina de química, levando em consideração a experiência de aprendizagem e as dificuldades expressas pelos alunos do terceiro ano do Ensino Médio. Este estudo foi orientado pela abordagem qualitativa, seguindo os pressupostos da Teoria da Complexidade e da Teoria Fundamentada nos Dados. Para coleta de dados, utilizou-se um questionário estruturado que possibilitou evidenciar, na visão do aluno, a química como uma disciplina complexa, porém, indispensável para compreender a vida, sendo essencial que os conteúdos sejam substanciados em seu cotidiano como meio de facilitar o seu entendimento.<br /><br /> 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/7118 O discurso pedagógico ambiental no jogo Minecraft 2020-05-26T12:32:06+00:00 Elisângela Barbosa MADRUGA elisangelamadruga@outlook.com Paula Corrêa HENNIMG paula.c.henning@gmail.com O artigo em questão buscou abordar as relações de poder, as formas de condução da conduta dos sujeitos e a formação de um discurso pedagógico ambiental empregado no jogo eletrônico Minecraft. A partir do tema Educação Ambiental e jogo eletrônico, tomou-se como problema de pesquisa a questão: quais lições ambientais são acionadas no jogo Minecraft? Para responder a problemática lançou-se mão da análise foucaultiana do discurso como metodologia. Ao se analisar o jogo, verificaram-se táticas discursivas que visavam ensinar os sujeitos jogadores, por meio de lições de produção e cultivo de horta e plantio de árvores, formas de ser ambientalmente correto. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8261 Identidad-transculturación y su tratamiento pedagógico en la enseñanza media de Cuba y Brasil 2020-05-26T12:32:06+00:00 LUIZ Bezerra NETO lbezerra.ufscar@gmail.com Juan Carlos Rodriguez Cruz CORREIO juancarlosrodriguezcruz2002@gmail.com El trabajo aborda la categoría identidad cultural como concepto antropológico en su devenir histórico y cultural. Se valora como un resultado o producto de las interrelaciones y transmutaciones que se llevan a cabo en Cuba y Brasil a partir del fenómeno conocido como de transculturación; fenómeno que permite comprender el proceder y el transcurrir de lo que es hoy la Sociedad Nueva que se creó en América Latina muy diferente a las sociedades de las cuales emergió o de las sociedades que tributaron a su formación. Se realiza un tratamiento pedagógico a la categoría identidad cultural a partir de la creación de un sistema categorial que permite el trabajo a los docentes de las escuelas medias de Cuba y Brasil. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/7162 Educação Especial e Inclusão Escolar: sondando uma micropolítica que propicie práticas inclusivas 2020-05-26T12:32:06+00:00 Rodrigo Avila COLLA rodrigo.a.colla@gmail.com O artigo discute a Educação Especial e a inclusão escolar no contexto brasileiro. Vale-se de revisão bibliográfica que apresenta os principais avanços da legislação nas duas últimas décadas e dialoga com pesquisas recentes sobre a Educação Especial. Aborda práticas que podem favorecer os processos de ensino e aprendizagem em contextos de inclusão escolar, particularmente de educandos com necessidades especiais. Defende-se uma postura acolhedora da diferença por parte dos(as) docentes. O conceito de experiência é utilizado para fundamentar as diferenças como potências formativas. Por fim, são tecidas considerações quanto à necessidade de uma micropolítica do desejo que contribua para práticas inclusivas. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8952 O deslocamento epistêmico trazido pelas DCNERER e a formação inicial de professores 2020-05-26T12:32:06+00:00 Jakellinny Gonçalves de Souza RIZZO jake.librasufgd@gmail.com Eugênia Portela de Siqueira MARQUES eumar13@terra.com.br O estudo apresenta as alterações trazidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações étnico-raciais (DCNERER), no currículo dos cursos de Pedagogia do Estado de Mato Grosso do Sul, com a inserção da História e Cultura Africana e Afro-brasileira. Busca-se garantir o conhecimento pedagógico necessário aos futuros docentes para ministrarem aulas numa perspectiva crítica e identificarem o deslocamento epistêmico trazido ao currículo. Dialoga com os Estudos Pós- coloniais que tensionam os saberes legitimados pelo colonizador. Concluiu-se que existem avanços significativos para a formação dos futuros professores educarem na perspectiva da educação intercultural crítica e decolonial. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/7454 Teoria da atividade de estudo: etapas no seu desenvolvimento 2020-05-26T12:32:06+00:00 Roberto Valdés PUENTES robertovaldespuentes@gmail.com Aborda-se o sistema Elkonin-Davidov-Repkin e, mais especificamente, a Teoria da Atividade de Estudo (TAE). O objetivo é o processo de gênese e consolidação da teoria a partir de uma periodização que se estabelece da análise das transformações experimentadas, ao longo de meio século, por três de seus indicadores ou aspectos principais: conceito, conteúdo e estrutura. Sobre a base desses aspectos e do diálogo com um volume amplo de fontes, foi possível identificar três etapas no desenvolvimento da TAE: operacional, motivacional e emocional. Conclui-se que a periodização proposta expressa o movimento dos representantes da teoria no sentido de desenvolver uma concepção didática com foco, principalmente, na constituição subjetiva das crianças. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8517 A militância de Florestan Fernandes em defesa da escola pública brasileira (1954 – 1964) 2020-05-26T12:32:06+00:00 Mario Borges NETTO mario.netto@ufu.br Maria Cristina Gomes MACHADO mcgm.uem@gmail.com Temos por objetivo analisar a participação de Florestan Fernandes na Campanha em Defesa da Escola Pública (1960). Do estudo, compreendemos que a luta pela superação dos dilemas educacionais conferiu unidade à atuação de Florestan Fernandes dentro e fora do espaço acadêmico e coerência entre sua visão de mundo e ação intelectual. Momento em que o sociólogo aliou sua formação intelectual à persuasão, para conscientizar e convocar os cidadãos a transformar a realidade. Isso nos levou a defender que os escritos educacionais se fazem centrais para entender Florestan Fernandes como intelectual. 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10397 Cuiabá 300 anos: debates sobre educação, pesquisa e inovações 2020-05-26T12:32:06+00:00 Elizabeth Figueiredo Sá bethfsa@uol.com.br Cleomar Ferreira Gomes gomescleo@yahoo.com.br <p>Sob a temática <em>Cuiabá 300 anos: Debates sobre Educação, Pesquisa e Inovações</em>, esta edição especial da <em>Revista de Educação Pública</em> faz alusão à comemoração dos 300 anos da capital mato-grossense, ressaltando a cidade enquanto cenário de práticas educativas, no qual arquiteturas, instituições e práticas culturais sociais formam cidadãos em seus comportamentos, saberes, rituais e sonhos.</p><p>Cuiabá, como as demais cidades, serve de inspiração para refletimos sobre como são apropriados os movimentos de sociabilidade que acontecem entre seus “atores, relações sociais, personagens, grupos, classes práticas de interação e de oposição, ritos e festas, comportamentos e hábitos” (PESAVENTO, 2007, p. 13). Em um movimento entre espaço-tempo, na compreensão do passado e planejamento de um futuro, a cidade sempre está a explicar o seu presente, conforme sinaliza Pesavento (2007).</p> 2021-02-01T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/9374 Educar a cidade, governar a sua gente: investimentos para organizar o Rio de Janeiro nos anos 1920 2020-05-26T12:32:06+00:00 José Cláudio Sooma SILVA claudiosooma@gmail.com <p><span>O artigo concentra as atenções nos entrelaçamentos dos métodos e teorias do urbanismo com os saberes e práticas da educação primária. Para tanto, a partir da análise do Plano de Remodelação Urbana – elaborado por Alfred Agache – e da Reforma da Instrução Pública – encabeçada por Fernando de Azevedo – discute algumas aproximações que puderam ser indiciadas entre os dois investimentos reformadores que foram encampados pela administração municipal da cidade do Rio de Janeiro nos anos 1920. </span></p> 2020-05-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10131 Aspectos historiográficos da educação na cidade de Porto Velho-RO (1910-1930) 2020-05-26T12:32:06+00:00 Marijane Silveira da SILVA mjanesilva@gmail.com <p class="p1">Este artigo busca compreender aspectos historiográficos da educação durante o processo de constituição da cidade de Porto Velho, no período de 1910 a 1930. Para tanto, recorreu-se ao arcabouço documental composto por periódicos disponibilizados pela Hemeroteca da Biblioteca Nacional, escritos de memorialistas e relatórios de intendentes que foram analisados à luz da História Cultural. No tocante à instrução primária, os resultados apontam aspectos das primeiras escolas criadas na cidade, as modalidades existentes e os debates em torno do grupo escolar instalado na cidade em meados de 1920, que gerou <em>lutas de representações</em> no interior dos vários segmentos.</p> 2020-05-18T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/9329 Arquivos e Educação: Prática de arquivamento e memória 2020-05-26T12:32:06+00:00 Diana Gonçalves VIDAL dvidal@usp.br André Luiz PAULILO paulilo@unicamp.br <p>O texto, dividido em duas partes, debruça-se sobre os desafios da relação entre arquivos e educação. Inicialmente, traça um panorama historiográfico em educação de modo a evidenciar as formas como o campo da história da educação no Brasil aproximou-se das discussões sobre memória, patrimônio e cultura escolar, com atenção à materialidade das práticas escolares e a uma educação da sensibilidade. Na sequência, discorre sobre as práticas de arquivo em educação, a partir de quatro eixos: arquivos e cultura material; relação entre lúdico e rotina; conciliação entre parte e todo; e vontade de memória. A título de considerações finais, interroga-se sobre os riscos do “presentismo” que invade a cultura contemporânea.</p> 2020-05-15T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10019 O lúdico na cultura contemporânea 2020-05-26T12:32:06+00:00 Luiz Octávio de Lima CAMARGO olimacamargo@gmail.com <p>Negada ao longo dos dois séculos iniciais da Revolução Industrial, a ludicidade ressurge no pós-Segunda Guerra. Mais do que uma mudança, busca-se mostrar a afirmação de um novo paradigma civilizatório. Esta é a tese central desta reflexão. Partindo de uma referência a esse novo paradigma, tenta-se mostrar a presença do lúdico nas diferentes instâncias da vida cultural contemporânea. Finaliza com duas reflexões complementares sobre o desafio da ludicidade nos tempos atuais e os obstáculos à sua realização ao longo da vida cotidiana.</p> 2020-05-19T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10062 Usos e significados da recreação na produção acadêmica 2020-05-26T12:32:06+00:00 Giuliano Gomes de Assis PIMENTEL ggapimentel@uem.br Hani Zehdi Amine AWAD hani@hani.com.br <p class="p1">Frente à lacuna sobre o significado da recreação no presente, nosso objetivo foi caracterizar a produção acadêmica sobre recreação no Brasil. Para tanto, realizamos revisão sistemática em torno dos usos da recreação. Os estudos enfocam o valor instrumental e positivado da recreação em relação à educação e à promoção da saúde. Em conclusão, a recreação vem sendo empregada como ferramenta para agenciar o lúdico em algum aspecto da vida: metodologia lúdica para alcançar determinado enfoque educativo ou terapêutico; rol de brincadeiras e jogos visando ao entretenimento; dispositivo de poder, para distração das massas.</p> 2020-05-20T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10014 Mudanças de concepções docentes em um mestrado em educação profissional e tecnológica ofertado em rede nacional 2020-05-26T12:32:06+00:00 Rony Freitas freitasrco@icloud.com A necessidade de formação do seu próprio corpo de servidores, bem como o atendimento à sociedade em geral, levou algumas instituições pertencentes à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica a implantarem o Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), ofertado em rede nacional. As características do mestrado exigiram a constituição de um corpo docente multidisciplinar. Embora positivo, isso tem demandado ações a fim de possibilitar maior aproximação desse grupo das bases que sustentam teoricamente uma Educação Profissional que tem por pressuposto a formação humana integral. Neste texto, relato alguns resultados dessas ações na mudança de concepções de professores em dois anos de funcionamento do programa. 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10015 O rumo trilhado pelo IFMT: 2009-2019 2020-05-26T12:32:06+00:00 Nádia Cuiabano Kunze nadia.kunze@cba.ifmt.edu.br <p>No ano comemorativo dos 110 anos da RFEPCT, o Seminário de Educação da UFMT propiciou importante espaço de socialização de conhecimentos, troca de informações e experiências sobre os rumos da educação profissional federal. Nessa oportunidade, este texto foi apresentado enquanto recorte do tema abrangente, objetivando promover uma reflexão inicial sobre os 10 anos do IFMT naquela centenária rede. Pela pesquisa documental, verificou-se que, configurado segundo definições legais instituidoras, o estabelecimento tem oferecido ensino, pesquisa e extensão em 15 microrregiões e 5 mesorregiões estaduais, oportunizando aos cidadãos educação básica e superior, acesso a conhecimentos científicos e tecnológicos, e a inclusão social.</p> 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10489 A universidade pública e o Future-se: a valorização do capital como centro das relações acadêmicas 2020-05-26T12:32:06+00:00 Mauro Augusto Burkert DEL PINO mauro.pino1@gmail.com <p>O artigo analisa o novo modelo proposto para a universidade brasileira, tomando por<br />base o Projeto de Lei intitulado Future-se. Trata-se de um estudo documental e<br />bibliográfico exploratório que investiga o referido projeto a partir das transformações<br />sociais, econômicas e culturais que acontecem em nível global. A partir de conceitos<br />como “capitalismo universitário”, “precarização do trabalho” e “privatização da gestão<br />escolar”, conclui-se que a reforma prevista pelo Future-se transforma a universidade<br />pública brasileira na instituição necessária para as novas formas de relação entre<br />capital e trabalho condizentes com a financeirização do capitalismo no século XXI.</p> 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10485 Uma Abordagem Sociogenética do Núcleo Central das Representações Sociais: O caso da esfera pública brasileira 2020-05-26T12:32:06+00:00 Sandra JOVCHELOVITCH S.Jovchelovitch@Ise.ac.uk <p>O artigo visa demonstrar como o tempo histórico e a comunicação se inscrevem na organização interna das representações sociais. Para tal, apresenta uma discussão sobre o papel do núcleo central das representações nos processos de continuidade e mudança em ideias e esferas públicas. Estudos de Jean-Claude Abric sobre a estrutura interna dos campos representacionais contribuem para a proposição de um desenvolvimento da teoria do núcleo central que repousa sobre um diálogo com a teoria narrativa, a dialogicidade e a polifasia cognitiva. Em outros termos, introduz uma perspectiva sociogenética para o estudo do núcleo central, que tenta elucidar como a organização sociocognitiva dos campos representacionais é formada e ao mesmo tempo dá forma à continuidade e à mudança em esferas públicas.</p> 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10045 Narrativas y Representaciones Sociales Inspirada en y Dialogando con Sandra Jovchelovitch 2020-05-26T12:32:06+00:00 Suzana SEIDMANN susiseidmann@yahoo.com.br <p>Se aborda la relación entre Narrativas y la Teoría de las Representaciones Sociales<br />desde la perspectiva teórica. En consonancia con la conferencia sostenida por Sandra<br />Jovchelovitch en la XII CIRS, en San Pablo, Brasil, se emprende el análisis narrativo del<br />núcleo central, de acuerdo a la Teoría del Núcleo Central desarrollada por J. C. Abric.<br />Se ilustra esta relación con datos tomados de una investigación sobre personas en<br />situación de calle y otros protagonistas que viven en situación de vulnerabilidad y<br />estigmatización.<br />Se concluye que es posible e interesante emprender esta relación, dados los<br />importantes resultados hallados.</p> 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10294 Análise sociogenética do núcleo central das representações sociais: investigações sobre o cuidado hospitalar de crianças 2020-05-26T12:32:06+00:00 Daniela Barros da Silva Freire ANDRADE freire.d02@gmail.com Érica Nayla Harrich TEIBEL ericanayla@yahoo.com.br Andréia Maria de Lima ASSUNÇÃO andreiaml@live.com <p>O texto procura analisar o pressuposto de Sandra Jovchelovitch (2020), segundo o qual<br />o núcleo central é um campo de forças no qual se instala um tensionamento entre<br />significações, posto que considera que a narrativa opera por meio da articulação de<br />diferentes perspectivas. Achados debatidos nas pesquisas de Teibel (2017) e Assunção<br />(2018) são analisados considerando os apontamentos sobre a análise sociogenética do<br />núcleo central. O exercício se mostrou coerente e profícuo.</p> 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10127 Fita de Möbius e fractal: aproximações entre representações sociais e narrativas 2020-05-26T12:32:06+00:00 Adelina de Oliveira NOVAES adelnovaes@gmail.com Maria da Conceição Ferrer Botelho Sgadari PASSEGGI mariapasseggi@gmail.com <p>Com base na premissa de que o núcleo central de uma representação social é uma<br />narrativa, recorremos aos estudos de Jerome Bruner e de Serge Moscovici para pensar<br />alternativas que favoreçam mudanças de representações sociais na formação docente.<br />Propomos uma reflexão sobre as imagens do fractal e da fita de Möbius como<br />metáforas para ilustrar como entendemos as narrativas enquanto uma unidade no<br />núcleo de uma representação social, admitindo que elas são a um só tempo<br />constitutivas de representações sociais e constituídas por elas. Nesse sentido, o<br />recurso às narrativas como modalidade de intervenção na formação docente<br />permitiria, simultaneamente, operar mudanças de representações sociais e promover<br />a ressignificação de práticas pedagógicas.</p> 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/10486 Las claves pedagógicas de los sistemas educativos globales. Lecciones de los sistemas de alto rendimiento 2020-05-26T12:32:06+00:00 Leoncio VEGA GIL Ivg@usal.es <p>La literatura educativa internacional y los centros y organismos de investigación y<br />asesoramiento están poniendo el foco de atención en los sistemas educativos que<br />arrojan altas tasas de rendimiento según los programas de investigación de los<br />organismos internacionales y otros centros nacionales de seguimiento de los sistemas.<br />Esta literatura pone en cuestión los axiomas tradicionales de fundamentación de la<br />educación como el determinismo económico y social de la educación, la influencia del<br />tiempo escolar en la calidad de la educación o los obstáculos que los flujos migratorios<br />intercalan en el progreso educativo de los sistemas. A la vez, subrayan los activos de<br />estos sistemas en cuanto “sistemas globales” de educación como la confianza y<br />responsabilidad que colocan la educación como prioridad política y social; la<br />importancia de un liderazgo profesional e innovador en la organización escolar; un<br />cierto nivel de autonomía escolar; el cambio de una rendición de cuentas<br />“administrativa” u otra de carácter “profesional” en la que las “comunidades<br />profesionales” juegan un papel pedagógico destacado; y, como no, una atención<br />especial al docente como epicentro de la “educación global”; en este caso, se trata de<br />potenciar, apoyar y reconocer a profesores independientes y profesionales. Por tanto,<br />la atracción, formación y retención de los docentes debe cuidarse y reconsiderarse en<br />las políticas educativas, más allá de las mejoras salariales y de las condiciones de<br />trabajo.</p> 2020-05-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/11145 Educação Profissional e Tecnológica 2020-09-18T17:08:04+00:00 Clarice Monteiro ESCOTT clarice.escott@ifrs.edu.br <p>Apresenta as reflexões realizadas no SemiEdu 2019: Educação Profissional: Novos Rumos. Contextualiza tais ideias no cenário de implementação das políticas públicas para os Institutos Federais (IF), que rompem com a dualidade estrutural: educação propedêutica voltada para as elites e educação para o trabalho voltada aos pobres. Realiza análise histórica da EPT no Brasil e das concepções que constituem as bases da educação dual e da educação humana integral, considerando o Ensino Médio Integrado como uma ruptura de paradigmas na EPT. Denuncia a falácia do atual discurso governamental sobre os novos rumos do Ensino Médio e o retorno do ensino dual.</p> 2020-10-21T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/9029 Profissionalidade do professor de educação básica nas Representações Sociais de estudantes de Pedagogia 2020-03-11T11:19:05+00:00 Sueli Pereira DONATO sueli.d@uninter.com Romilda Teodora ENS romilda.ens@gmail.com Elsa Maria Mendes Pessoa PULLIN elsapessoapullin@gmail.com <p>O objetivo deste estudo foi o de analisar os elementos de profissionalidade presentes nas representações sociais de estudantes concluintes do curso de pedagogia para a docência na educação básica. A opção por um estudo qualitativo referendado na Teoria das Representações Sociais e articulado à Teoria do Núcleo Central, em um viés plurimetodológico, possibilitou a análise prototípica com os dados produzidos pelas evocações de 165 participantes, confirmada pela Análise de Similitude. A profissionalidade constituída priorizou duas das cinco disposições indicadas por Nóvoa (2009): “tato pedagógico” e “conhecimento”, requerendo uma (re)adequação ao espaço/tempo histórico e assegurar o exercício profissional docente. </p> 2020-11-17T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8411 As potencialidades da literatura infantil como recurso didático em ciências 2020-05-25T20:44:32+00:00 Luciana SEDANO luciana.sedano@gmail.com Silvana Carvalho de ALMEIDA silvanacarvalho7@hotmail.com <p>Este texto objetiva construir um instrumento metodológico que analisa obras literárias procurando compreender os <em>Indícios da Promoção da Alfabetização Científica por meio de obras literárias nas aulas de Ciências</em>. Percebe-se uma ausência de instrumentos metodológicos que fundamentem a pesquisa com a inserção de obras literárias nas aulas de Ciências. Como resultado da proposição teórica e análise dos dados, foi revelado que o instrumento de análise científica elaborado auxilia o professor a pesquisar materiais que contemplem atividades de leitura prazerosas e de descoberta, investigação e produção de conhecimentos a partir da literatura, auxiliando assim no processo de Alfabetização Científica nas aulas de Ciências.</p> 2020-12-01T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/11235 Representação social de polícia por crianças que frequentam creche em favela 2020-10-03T11:38:09+00:00 Célia Márcia do Nazareth FERREIRA celia.marcia@yahoo.com.br Rita de Cássia Pereira LIMA ritaplima2008@gmail.com <p>O estudo investigou as representações sociais de polícia para crianças de uma creche, situada em uma favela do Rio de Janeiro. Fundamentou-se na Teoria das Representações Sociais em diálogo com a perspectiva da psicologia do desenvolvimento, na abordagem vigotskyana. Dez crianças participaram, optando-se pela análise microgenética, e para a produção dos dados foram filmadas as interações estabelecidas em brincadeiras. Foram selecionados três episódios em que há referência à polícia. As metáforas, “leão ferroz”, “cachorro latindo” e “Caveirão”, revelaram imagens da polícia “má”, “perigosa”, que “machuca” e “mata”, gerando medo. O contexto social foi fundamental para o estudo da representação social de polícia, a qual não inspira a confiança das crianças.</p> 2020-12-03T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8589 Política do conhecimento oficial para a educação de primeira infância no Brasil e em Portugal 2019-08-26T11:36:24+00:00 Zenilde DURLI zenildedurli63@gmail.com <p>Neste artigo, resultado parcial de pesquisa desenvolvida em estágio pós-doutoral, analiso as políticas do conhecimento oficial para a Educação Infantil (EI) brasileira e a Educação Pré-Escolar (EPE) portuguesa. Para tanto, apresento brevemente as características gerais do marco regulatório da educação obrigatória nos dois países e, na sequência, com base em pesquisa documental, comparo as propostas curriculares nacionais que configuram a política do conhecimento oficial para a educação de primeira infância. Nas conclusões aponto alguns dos possíveis desdobramentos do design curricular proposto sobre o contexto da prática e, também, sobre os modos de socialização das crianças.</p> 2020-12-01T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/9281 Aprendizagem e prática pedagógica: processos formativos com docentes do sul do Brasil 2020-03-03T11:24:11+00:00 Clarissa Medianeira Caxambú da Rosa de SOUZA caxxambu@hotmail.com Fabiane Romano de Souza BRIDI fabianebridi.ufsm@gmail.com <p>Este trabalho analisa como um grupo docente concebe a aprendizagem e de que maneira as concepções repercutem nas práticas pedagógicas. O referido estudo envolveu uma abordagem qualitativa, por meio da pesquisa-ação crítica-colaborativa, apoiando-se nas possibilidades da <em>escuta sensível</em>. A investigação emerge do contexto escolar com professores de uma Escola de Educação Básica da Rede Municipal de Ensino de um município do Sul do Brasil. Os resultados indicam que os participantes da pesquisa compartilham de uma concepção de aprendizagem, baseada na interação e compreendem o conhecimento como um fenômeno contínuo ao longo da vida.</p> 2020-11-17T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8477 Tutoria no sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB): uma análise dos tutores presenciais e virtuais 2019-07-31T13:34:02+00:00 Braian VELOSO braiangarritoveloso@gmail.com Daniel MILL mill@ead.ufscar.br <span>O objetivo desta pesquisa é desvelar quais são as principais atividades exercidas pela tutoria (presencial e virtual) no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). Para tanto, foram coletados dados, por meio de questionários virtuais, de 677 docentes que atuam ou já atuaram em cursos oferecidos no âmbito do Sistema UAB. Posteriormente, foram realizadas 8 entrevistas semiestruturadas. No estudo, identificamos que a tutoria pode ser considerada uma atividade docente. Por conseguinte, são necessárias melhores condições de trabalho aos tutores em face da importância desses profissionais às multifacetadas experiências de EaD que têm sido desenvolvidas no bojo do Sistema UAB. </span> 2020-11-25T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8374 Histórias de vida e ensino da matemática na educação básica catarinense entre 1970 e 1990 2020-03-03T14:22:22+00:00 Adriana RICHIT adrianarichit@gmail.com Lidiane Tania Ronsoni MAIER lidiane.maier@gmail.com <p class="Default">O Oeste Catarinense, região criada oficialmente em 1917, foi historicamente marcado pelo descaso do poder público com o desenvolvimento da educação. Com isso, o ensino de Matemática nessa região tem enfrentado muitos desafios, o que nos motivou a investigar os desafios enfrentados por professoras de matemática entre 1970 e 1990. Guiadas pela História Oral, entrevistamos professoras que atuavam em escolas públicas estaduais à época. As entrevistas foram gravadas, transcritas e textualizadas, constituindo o documento-base do estudo. Como resultados, evidenciamos desafios de formação, profissão e ensino da matemática, os quais embasam uma versão da história do ensino em Santa Catarina.</p> 2020-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/7019 Compreensão da linguagem matemática no 9º ano do Ensino Fundamental 2020-04-07T19:50:41+00:00 Giselle de Paiva SILVA giselle_mat@hotmail.com Adelmo Carvalho da SILVA adelmoufmt@gmail.com <p>A pesquisa teve como objetivo investigar as causas das dificuldades de compreensão da linguagem matemática apresentada nas atividades de sala de aula. Usou a abordagem qualitativa e o método interpretativo, tendo como instrumentos: a observação participativa, entrevista semiestruturada, diário de campo e material dos alunos. A análise norteou-se pelo método interpretativo. Os sujeitos foram alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e seus professores de Matemática. Os resultados indicaram que: os alunos investigados apresentaram dificuldades de compreensão daquilo que se lê. Nesse sentido, a investigação contribui para discussões relacionadas às dificuldades de compreensão da linguagem matemática e sua relação com a aprendizagem matemática.</p> 2020-11-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/7356 Interculturalidade e educação ambiental 2020-02-14T21:32:29+00:00 Clara dos Santos BAPTISTA clarabaptista92@gmail.com Mauro GUIMARÃES guimamauro@hotmail.com Celso Sánchez PEREIRA celso.sanchez@hotmail.com <p>O estudo tem como objetivo identificar elementos da cultura Guarani que podem ser trabalhados na construção de temas geradores abordados na educação ambiental em ambientes educativos do estado do Rio de Janeiro. A partir das pesquisas, procura evidenciar que existem elementos da cultura tradicional que permitem diálogos interculturais tanto para a escola diferenciada Guarani, como para o ensino de escolas e universidades. Dentre muitas possibilidades, destacamos para discussão três reduções temáticas. Com esta iniciativa, pretendemos reforçar a importância da aplicação de políticas pedagógicas interculturais na estruturação de currículos e propostas formativas que valorizem saberes tradicionais das comunidades.</p> 2020-12-01T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/9717 A construção de saberes de professoras de Ciências ouvintes em uma escola para alunos surdos 2020-06-16T17:01:01+00:00 Danielle Macedo da FONSECA danimfonseca@yahoo.com.br Ana Cléa Moreira AYRES ayres.ana61@gmail.com Anelice Astrid RIBETTO anelatina@gmail.com <p>Este artigo analisa saberes docentes de professoras ouvintes que ensinam Ciências e Biologia no Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES). Apoia-se no entendimento da surdez, para além da falta de audição, como um traço cultural e na perspectiva dos saberes docentes que se constituem no cotidiano de trabalho do professor. Estruturou-se a partir da análise de entrevistas com professoras do INES, nas quais identificamos elementos que caracterizam o ensino dessas disciplinas para o público surdo e concluímos que os saberes das professoras foram produzidos em íntima relação com seus alunos, seus colegas e com aspectos da cultura escolar.</p> 2020-11-30T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/6933 Derrida e Nietzsche 2019-03-14T15:16:58+00:00 Silas Borges MONTEIRO silasbmonteiro@gmail.com Dionéia da Silva TRINDADE dioneia@ufmt.br Edilma DE SOUZA edilmasz84@gmail.com Resenha 2020-12-01T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/9911 Carta da Editora 2020-05-26T12:32:05+00:00 Filomena Maria Arruda MONTEIRO filarrudamonteiro@gmail.com . 2020-03-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2020 Revista de Educação Pública