TOZEI, W. P. .; PEREIRA, M. A. .; PINTO, T. K. S.; FERREIRA , R. M. .; SOARES, E. R. MÉTODO TRADICIONAL VS. SÉRIE PAREADA AGONISTA-ANTAGONISTA PARA MEMBROS INFERIORES: HÁ DIFERENÇAS NO VOLUME TOTAL E REPETIÇÕES MÁXIMAS?. Corpoconsciência, [S. l.], v. 25, n. 2, p. 134-148, 2021. DOI: 10.51283/rc.v25i2.12268. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/12268. Acesso em: 18 out. 2021.