ANÁLISE DAS POLÍTICAS FISCAIS E MONETÁRIAS PARA O SETOR AGROALIMENTAR E SUAS INFLUENCIAS AO BEM ESTAR DO CONSUMIDOR

LEANDRO PESSOA LUCENA, FRANCISCO JOSÉ KLIEMANN NETO, FERNANDA MARIANO MASSUIA, CARLOS EDUARDO DE FREITAS

Resumo


As cadeias agroalimentares no mundo tem sido alvo de fortes políticas governamentais de controle e segurança nacional nas ultimas décadas. Algumas dessas políticas tem se pautado ao uso intensivo de subsídios agrícolas ou de proteção ao mercado doméstico através de alíquotas de importação e/ou exportação. Proveniente a esse contexto, o trabalho teve como objetivos: determinar quais conseqüências ocorre ao setor alimentício dado à incidência de subsídios governamentais as cadeias agroalimentares. Bem como, análise do bem-estar do consumidor em relação ao custo da cesta básica. Os métodos aplicados foram: versão adaptada do Modelo Mundell Fleming de políticas fiscais e monetárias e a utilização do Método dos Números Índices. Os resultados desse trabalho apontam que uma política monetária expansionista com maiores concessões de crédito e subsídios, tende a trazer fatores positivos ao setor alimentício, consolidando o mesmo ao contexto de ampliação pela produção de bens com maior valor agregado. Quanto ao custo de vida dos consumidores em relação ao consumo da cesta básica, foi caracterizado que suas condições na época atual são inferiores ao passado, reduzindo desta forma seu bem-estar, pois os consumidores de certo modo tiveram seu poder aquisitivo diluídos pela maior incidência tributária entre os períodos de 2003 a 2010.


Palavras-chave


Segurança Alimentar, Vantagens Comparativas, Custo de Vida.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Este periódico está indexado nas bases: 

    

 

Revista de Estudos Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso/Cuiabá-MT/Brasil

Faculdade de Economia

Boa Esperança, Cuiabá-MT. CEP: 78.060-900

Telefone:(65)3615.8522 – RAMAL:203

Email: ufmt.fe.res@gmail.com