Impacto da Educação na Renda das Famílias Rurais da Amazônia: Uma Análise a Partir da Agricultura Familiar no Acre.

Francisco Dietima da Silva Bezerra, Raimundo Cláudio Gomes Maciel, Tiago de Oliveira Loiola

Resumo


No Brasil, tem se observado nas últimas décadas, a persistência de um quadro histórico de alta desigualdade de renda que têm contribuindo para que o país seja considerado como uma das nações mais desiguais do planeta. Dentre os fatores que têm contribuído para manter as disparidades de rendimentos em patamares tão elevados, destaca-se a heterogeneidade educacional, principalmente no meio rural. Diante da importância do tema tratado, a presente pesquisa consiste em analisar o impacto da educação no desempenho econômico das famílias rurais do Estado do Acre. Utiliza-se a metodologia do projeto de pesquisa Análise Socioeconômica dos Sistemas de Produção Familiar no Estado do Acre (ASPF), desenvolvido pelo Centro de Ciências Jurídicas e Sociais Aplicadas (CCJSA) da Universidade Federal do Acre (UFAC), a partir de indicadores de resultado econômico e medidas de relação. Os resultados indicam que no Vale do Acre o nível de escolaridade influencia significativamente no desempenho econômico das famílias analisadas, diferentemente do Vale do Juruá, em que o desempenho econômico tem menor relação com a escolaridade das famílias e é mais fortemente condicionado por outros fatores estruturais e/ou de mercado.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Este periódico está indexado nas bases: 

    

 

Revista de Estudos Sociais

Universidade Federal de Mato Grosso/Cuiabá-MT/Brasil

Faculdade de Economia

Boa Esperança, Cuiabá-MT. CEP: 78.060-900

Telefone:(65)3615.8522 – RAMAL:203

Email: ufmt.fe.res@gmail.com