A PRODUÇÃO ACADÊMICA DA REGIÃO NORTE: UMA ANÁLISE NA ATA DO XI ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS

Tássila Zerbini Monteiro Pereira, Camila Silveira

Resumo


Esta pesquisa de natureza qualitativa tem como objetivo, fundamentada nos pressupostos da pesquisa documental, analisar a produção científica de pesquisadores da Região Norte no Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC), evidenciando as perspectivas teóricas e metodológicas das pesquisas. Para isso, foram utilizados como fontes de informação os trabalhos contidos nos anais do XI ENPEC e, para tratamento dos dados, a Análise de Conteúdo. Os resultados mostram que 5,8% dos trabalhos do XI ENPEC foram realizados por pesquisadores da Região Norte, sendo 61% desenvolvidos por participantes do estado do Pará. Os eixos temáticos com mais trabalhos foram Formação de Professores de Ciências (32%), Ensino e aprendizagem de conceitos e processos científicos (15%), Processos e materiais educativos em Educação em Ciências (15%), Educação em espaços não-formais e divulgação científica (11%), e Alfabetização Científica e Tecnológica, abordagens CTS/CTSA e Educação em Ciências (10%). Por fim, foi possível perceber que, apesar de haver um crescimento da representatividade da Região Norte no ENPEC, há uma influência grande dos locais onde os eventos são sediados – geralmente na região Sul e Sudeste – na divulgação científica da região, pois a distância dificulta a participação dos pesquisadores de estados mais afastados.


Palavras-chave


ENPEC; Perspectivas de pesquisa; Produção regional.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAPEC. Atas do I Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências. São Paulo: Águas de Lindóia, 1997.

ABRAPEC. Anais do XI Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências. Santa Catarina: Florianópolis, 2017.

ALBUQUERQUE, E. et al. A distribuição espacial da produção científica e tecnológica brasileira: uma descrição de estatísticas de produção local de patentes e artigos científicos. Revista Brasileira de Inovação, v. 1, n. 2, p. 225-251, 2002.

ALBUQUERQUE, E. et al. Produção científica e tecnológica das regiões metropolitanas brasileiras. Revista de Economia Contemporânea, v. 9, n. 3, p. 615-642, 2005.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002.

BAUER, M. W.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Editora Vozes, 2002.

BRASIL/INEP. Resumo técnico: censo da educação superior 2015. 2. ed. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018.

CAMPELLO, B. S. Encontros científicos. In: CAMPELLO, B. S; CENDÓN, B. V.; KREMER, J. M. (org.). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2000. p. 55-72.

CRUZ, C. H. B.; CHAIMOVICH, H. Brazil. In: United Nations Educational Scientific and Cultural Organization (org.). Science Report 2010. Paris: Unesco, 2010. p. 103-121.

FONSECA, C. V.; CARDOSO, K. A. Jogos didáticos e pesquisa em ensino de Ciências da Natureza: estudo documental em edições do ENPEC (2007-2015). In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 11., 2017, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017.

FUJIHARA, J. R. P.; LABARCE, E. C. Tendências da pesquisa na área de ensino de ciências: um olhar sobre a produção científica com foco na educação infantil. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 11., 2017, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017.

GALLON, M. S. et al. Feiras de ciências nos ENPECs (1997-2015): identificando tendências e traçando possibilidades. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 11., 2017, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017.

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em ação: abordagens qualitativas. 2. ed. Rio de Janeiro: E.P.U., 2013.

MORAES, F. A.; SOARES, M. H. F. B. Jogos no Ensino de Biologia: uma análise sobre os trabalhos presentes no ENPEC (1997-2015). In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 11., 2017, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017.

NARDI, R. A área de ensino de ciências no Brasil: fatores que determinaram sua constituição e suas características segundo pesquisadores brasileiros. 2005. 169 f. Tese (título de Professor Livre Docente) – Departamento de Educação da Faculdade de Ciências da Unesp, São Paulo.

SANTOS, A. P. R. Praia Grande no contexto do processo de metropolização da Baixada Santista: mobilidade populacional e diversidade socioespacial. Dissertação (Mestrado em Demografia) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

SIDONE, O. J. G. et al. A ciência nas regiões brasileiras: evolução da produção e das redes de colaboração científica. TransInformação, v. 28, n. 1, p. 15-31, 2016.

SILVA, I. M. et al. Tendências de pesquisas na área de ensino das ciências: um olhar sobre as Tecnologias da Informação e Comunicação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2015.

SLONGO, I. I. P.; LORENZETTI, L.; GARVÃO, M. A pesquisa em educação em ciências disseminada no ENPEC (2007-2013): explicitando dados e analisando tendências. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia. Anais... Águas de Lindóia: Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.26571/REAMEC.a2019.v7.n2.p245-260.i8726

Apontamentos

  • Não há apontamentos.