ENSINO DE CIÊNCIAS EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS À LUZ DA EPISTEMOLOGIA BACHELARDIANA

Huanderson Barroso Lobo, Daniela Sulamita Almeida da Trindade, Ronara Viana Cordovil

Resumo


As experiências sensitivas presentes nos espaços não formais fornecem variadas possibilidades que contribuem para a aprendizagem em ciências, suscitando interesse pela compreensão do fenômeno estudado. Desse modo, a abordagem aponta possibilidades de aproximação entre os temas científicos e os espaços não formais, com a finalidade de facilitar a compreensão da ciência a estudantes da Educação Básica e tem o objetivo de relacionar o ensino de ciências, em espaço formal e não formal com os obstáculos epistemológicos, propostos por Bachelard, considerando as concepções dos aprendizes como modelos explicativos postos em ruptura, mediante a problematização do objeto científico. A pesquisa de cunho fenomenológico, com uma abordagem qualitativa, é complementada com observações de campo in lócus, como parte das atividades que estamos realizando junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Conclui-se que, a visita a espaços não formais, ampliam as possiblidades de aprendizagem, conectando ciência e tecnologia, oportunizando a apropriação do conhecimento científico.


Palavras-chave


Ensino de Ciências, Obstáculos Epistemológicos, Concepções.

Texto completo:

PDF

Referências


ASTOLFI, J. P. El “error”, un medio para enseñar. Díada/SEP Biblioteca para la actualización del Magisterio México, 2004, pp. 7 -25. Disponível em:< https://prezi.com/.../elerror-un-medio-para-ensenar>. Acesso em: 22 de mai.de 2016.

ASTOLFI, J.P.; PETERFALVI, B.; VÉRIN.A. Como as crianças aprendem as ciências. Tradução Maria Jóse Figueiredo. Coleção Horizontes Pedagógicos. Instituto Piaget: 1998.

BACHELARD, G. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BECKER, H. S. Falando da Sociedade. Ensaios sobre as Diferentes Maneiras de Representar o Social, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 2009.

BLOCK, M. A apologia da História ou o ofício do historiador. RJ: Jorge Zahar, 2001.

Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Ciências Naturais /Secretaria de Educação Fundamental. (Terceiro e Quarto Ciclo), Brasília: MEC /SEF, 1998.

CORRÊA, J.M.; GERHARD, P.; FIGUEIREDO, R. O. Ictiofauna de igarapés de pequenas bacias de drenagem em área agrícola do Nordeste Paraense, Amazônia Oriental. Revista Ambiente & Água. An Interdisciplinary Journal of Applied Science: v. 7, n.2, 2012. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/ambiagua/v7n2/v7n2a17.pdf>. Acesso em: 31 de mai. 2016. p. 214-229.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A. Metodologia do ensino de Ciências. São Paulo: Cortez, 1992.

GIORDAN, A; VECCHI, G. de. As origens do saber: das concepções dos aprendentes aos conceitos científicos. 2.ed. Porto Alegre: Artes médicas, 1996.

KRASILCHIK, M. O professor e o currículo das ciências. São Paulo: EPU, 1987.

MACIEL, H. M.; FACHÍN TERÁN, A. O potencial pedagógico dos Espaços não formais da Cidade de Manaus. Curitiba, PR: CRV, 2014. 12p.

MASSARANI, L.; MOREIRA, I.C.; BRITO, F. (Org.). CIÊNCIA e PÚBLICO: caminhos para a divulgação científica no Brasil. Rio de Janeiro: Casa da Ciência, 2002. Disponível em: .Acesso em 22 de abr. de 2017.

MELO, M. do R. de. Ensino de Ciências: uma participação ativa e cotidiana, 2000. Disponível em: . Acesso em: 16 de Agosto de 2016.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. Trad. Carlos Alberto R. de Moura. São Paulo: Martins Fontes. Livraria Martins Fontes Editora Ltda. 1999.

REIS, A. C. F. O seringal e o seringueiro. Manaus: Editora da Universidade do Amazonas. Governo do Estado do Amazonas, 1953.

TRINDADE, D.S.A.; AGUIAR, J.V.S.; VIEIRA, E.I.T. O Museu do Seringal Vila Paraíso: um recorte da história da ciência na passagem do século XIX para o século XX. Realize-Eventos e Editora. Anais III CONEDU. Disponível em:. Acesso: 22 de Abr.de 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2017.v5.n2.p235-248.i5458

Apontamentos

  • Não há apontamentos.