EAD: ESCOLA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

Rosina Djunko Miyazaki, Silvana Angélica Gama Gomes

Resumo


Com o surgimento das novas tecnologias de informação e de comunicação, a internet tornou-se um meio propício para a difusão do conhecimento, aumentando a oferta de cursos superiores à distância. O projeto Escola, Saúde e Meio Ambiente, foi proposto pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e realizado no período de 01/05/2015 a 30/07/2016, onde foram ofertadas 400 vagas para os seguintes municípios do Estado de Mato Grosso: Aripuanã, Guarantã do Norte, Cuiabá, Barra do Bugres, Jauru, Pedra Preta, Diamantino e Sapezal. O objetivo foi estabelecer uma forma de ensino que possibilitasse a autoaprendizagem e a autonomia do aluno, por meio da mediação de recursos didáticos e proporcionar a futuros professores condições de analisar criticamente as responsabilidades com a saúde dos cidadãos nos diferentes níveis (individual, familiar, comunitário e governamental). Das 400 vagas oferecidas, 399 foram preenchidas e destes, 338 foram aprovados, 47 reprovados e 14 evadiram. Analisando os resultados obtidos, vimos a necessidade e a importância de um trabalho integrado e cooperativo, com todos tendo uma função definida em busca do objetivo proposto que é em prol da eficácia na construção do conhecimento dos cursistas.

Palavras-chave


Educação a distância; Escola; Saúde; Meio Ambiente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2016.v4.n2.p33-40.i5326

Apontamentos

  • Não há apontamentos.