PLANTAS MEDICINAIS CULTIVADAS PELA PASTORAL DA SAÚDE DE CACOAL - RO

Edslei Rodrigues de Almeida, Lilian de Sena Marino, Celso Costa Santos Júnior, Germano Guarim Neto

Resumo


A utilização de plantas medicinais na cura e tratamento de doenças é milenar. Muitas vezes as plantas medicinais constituem como sendo o único recurso terapêutico de grupos étnicos e comunidades. Para que o potencial das plantas seja utilizado de maneira benéfica pela sociedade é necessário identificá-las corretamente. Este trabalho teve como objetivo identificar as plantas medicinais utilizadas pela Pastoral da Saúde de Cacoal, estado de Rondônia. O levantamento das espécies de plantas medicinais cultivadas pela Pastoral foi realizado através de chaves de identificação taxonômica, comparação com literaturas técnicas especializadas, bem como especialistas da área. Foram identificadas 41 espécies com utilização medicinal, pertencentes a 36 gêneros e 24 famílias. As famílias melhor representadas foram Lamiaceae (10 espécies) e Asteraceae (04 espécies). A maioria das espécies tem como origem o Brasil (30,23%) e a Europa (13,95%). O presente trabalho servirá de embasamento para estudos que porventura vier a ser realizados na região, auxiliando assim na disseminação conhecimento tradicional

Palavras-chave


Plantas medicinais; Pastoral da Saúde; Cacoal; Etnobotânica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2015.v3.n1.p99-114.i5309

Apontamentos

  • Não há apontamentos.