LER, ESCREVER E COMUNICAR EM MATEMÁTICA: HABILIDADES REQUERIDAS PARA INTERPRETAR E COMPREENDER O TEXTO

Alan Gonçalves Lacerda, Marisa Rosâni Abreu da Silveira

Resumo


O presente artigo é parte integrante da dissertação do primeiro autor sob a orientação da segunda autora que tem como objetivo investigar como alunos interpretam e compreendem os enunciados dos problemas matemáticos, e comunicam suas resoluções aos membros da interação. A leitura passa a ser um processo para melhor compreender o fazer do aluno, bem como expressar a linguagem matemática no lido. No presente estudo foram realizados dois encontros. Num primeiro encontro cada participante resolvia individualmente problemas de divisão. Já num segundo os participantes que resolviam os problemas individualmente eram colocados em díades a resolverem problemas de divisão. Tanto o primeiro como o segundo encontro foram filmados e posteriormente transcritos e analisados. Os resultados apontaram que quando os sujeitos tem a possibilidade de comunicar a escrita ao outro da interação, estes passam a resignificar seus pontos de vistas, conjecturando novos processos de leitura. Esta pesquisa contribui, ainda, para as trocas comunicativas favorecendo a coordenação de estratégias de resoluções de problemas utilizadas pelos alunos. Destacamos a leitura como atividade essencial para interpretar e compreender o texto e o seu interpretante.

Palavras-chave


Leitura; Escrita; Comunicação; Texto; Problemas de matemática

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2013.v1.n1.p44-60.i5286

Apontamentos

  • Não há apontamentos.