Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática?

Não tem login/senha?

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

NORMAS PARA SUBMISSÃO ORIENTAÇÕES GERAIS PARA OS AUTORES:

 A Revista REAMEC aceita para publicação trabalhos inéditos ou não, escritos em português, inglês, espanhol, resultantes de estudos teóricos e pesquisas que incidam na produção do conhecimento na área de Educação em Ciências e Matemática.

 A avaliação dos trabalhos será realizada por membros do Comitê Científico Editorial e/ou por pareceristas ad hoc. Eventuais sugestões de modificações por parte da editora serão elaboradas com o consenso dos autores. Os textos expressam opiniões de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente o ponto de vista dos Editores da Revista REAMEC ou do Comitê Editorial.

TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

A Revista REAMEC: Rede Amazônica de Pós Graduação em Educação em Ciências e Matemática aceita colaborações inéditas dos seguintes tipos:

1. Artigo científico (pesquisa): documento oriundo de pesquisa científica. O artigo deverá ser fundamentado em experiências de pesquisa, resultado de experimentos, e deverá conter resultados, metodologia, análise e conclusão de pesquisa científica.

2. Artigo de revisão bibliográfica: na revisão bibliográfica, ou revisão da literatura, faz-se uma análise crítica, meticulosa e ampla das publicações correntes em uma determinada área do conhecimento. De um modo geral, a revisão bibliográfica é realizada como parte inicial de um estudo científico, seja da graduação ou pós- graduação, sendo parte fundamental em uma monografia, dissertação ou numa tese. Os objetivos de uma revisão bibliográfica são:

  • verificar se textos relacionados ao assunto a ser estudado já foram publicados;
  • conhecer a forma como esse assunto foi abordado e analisado em estudos anteriores;
  • saber quais são as variáveis do problema em questão.

 A revisão bibliográfica é fundamentada em avaliação crítica que resume, analisa e discute informações já publicadas, devendo ter conclusões.

3. Estudo de caso: descrição, exame e julgamento de caso relevante que possa suscitar novas abordagens e/ou discussões. As fases deste tipo de estudo compreendem: estabelecimento dos objetivos, abordagem do problema, coleta de  dados  (observação,  amostragem),  análise  dos  resultados  e  discussão  dos dados significativos. O caso consiste geralmente no estudo aprofundado que possa gerar alguma inovação, tendo como objeto do estudo uma unidade individual, tal como: uma pessoa, um grupo de pessoas, uma instituição, um evento cultural, uma técnica, um recurso ou ferramenta, etc.

DADOS DOS AUTORES E RESUMOS

O artigo submetido deve estar no modelo em word:

-  Entre o título do trabalho e os dados do primeiro autor deve conter 3 (três) linhas.

-   Os títulos das seções devem estar em minúscula e caixa alta somente quando necessário, tamanho 13, em negrito e alinhado à esquerda.

-   Os títulos das subseções devem estar em fonte minúscula, tamanho 12, negrito e alinhado esquerda. A numeração das seções e subseções é opcional.

-  Notas de rodapé devem ser evitadas sempre que possível. No entanto, se não houver outra possibilidade, devem ser enumeradas por algarismos arábicos.

-   As palavras “Figura, Tabela, Anexo” que aparecerem no texto devem sempre ser escritas com a primeira letra em maiúscula e devem vir acompanhadas do número (Figuras e Tabelas) ou letra (Anexos) respectivos ao qual se referem.

-   No caso de se utilizar tabelas ou figuras de outra autoria, mencionar a fonte abaixo delas.

-   A utilização de expressões como “a Tabela acima” ou a “Figura abaixo” não devem ser utilizadas porque no processo de editoração a localização das mesmas pode ser alterada.

As tabelas devem ser apresentadas segundo a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Normas de Apresentação Tabular, 1993. Toda a tabela deve conter um título indicando a natureza e abrangências geográfica e temporal dos dados numéricos, sem abreviações, por extenso, de forma clara e concisa. Deve ter um número (algarismo arábico, crescente) sempre que o documento apresentar duas ou mais tabelas. A moldura não deve ter traços verticais que a delimitem à esquerda e à direita. Deve conter dados numéricos inscritos nas suas células, para informar a quantificação de um fato específico observado. Recomenda-se que seja elaborada de forma a ser apresentada em uma única página e que apresente uniformidade gráfica (fonte, corpo, uso de maiúsculas e minúsculas).

-    Imagens, fotos, quadros, gráficos, mapas e outras ilustrações devem apresentar uma resolução mínima de 300 dpi, com a extensão .jpg, serem numerados e possuir indicação de suas respectivas fontes colocadas no corpo do texto e devidamente autorizadas.

-  As legendas ou títulos devem acompanhar as imagens inseridas no corpo do texto.

-   Os trabalhos devem ser digitados em espaçamento entre linhas 1,5, em fonte Times New Roman, corpo 12, com margem esquerda e superior de 3cm na direita e inferior de 2 cm, com páginas numeradas consecutivamente, em algarismos arábicos, no canto inferior direito da página.

-  O número de páginas deve oscilar entre 12 (mínimo) e 20 (máximo) para os trabalhos - artigos científicos, revisões bibliográficas, estudos de caso.

-   As páginas com elementos pré-textuais devem estar antes do corpo do texto e ser numeradas utilizando-se algarismos romanos. A numeração em algarismos arábicos, deve seguir a sequência.

-  Siglas e abreviações devem ser seguidas de suas significações.

-    As referências e citações de autores, no corpo do texto, devem subordinar-se à forma (AUTOR, data) ou (AUTOR, data, página).

-  Para ênfase ou destaque, utilizar itálico, e não negrito.

-  Todas as citações diretas ou indiretas devem ser incorporadas ao texto e constar nas referências.

-   As citações devem ser indicadas no texto, informando o sobrenome do autor citado, em caixa alta dentro do parênteses ou caixa alta e baixa quando fizerem parte do texto, o ano e a página onde se encontra a informação na obra consultada.

-  As citações podem ser:

Citações indiretas (livres): são aquelas que reproduzem ideias do documento sem, entretanto, transcrever as próprias palavras do autor.

Exemplo: Como narra Porche (1990), o automobilismo no futuro será totalmente automatizado.

Citações diretas (textuais): é a transcrição textual de parte da obra do autor consultado. Podem ser curtas e longas.

a)  citações curtas (de até 3 linhas): são inseridas no texto, entre aspas duplas.

Exemplo: Para Melo (1983, p.135) “[...] correndo o risco de cometer injustiças individuais [...]” sem querer com isso passar um julgamento apressado sobre a qualidade das dissertações resultantes desta área;

b)   citações longas(mais de três linhas): devem constituir um parágrafo independente, recuado 4 cm da margem esquerda, com fonte menor do que a utilizada no texto, com espaçamento simples entre as linhas e dispensando o uso de aspas.

Exemplo: A divisão do mundo em povos altamente desenvolvidos e outros mantidos num estágio inicial de desenvolvimento face a exploração a que são submetidos uma minoria rica e detentora dos meios de produção e uma massa faminta e explorada é, em grande parte, resultado da aplicação das conquistas da ciência em todos os seus domínios. (MELO, 1983, p.129).

c)    citação de citação: todo esforço deve ser empreendido para se consultar o documento original. Entretanto, nem sempre é possível o acesso a certos textos. Nesse caso, pode-se reproduzir informação já citada por outros autores, cujos documentos tenham sido efetivamente consultados. No texto deve-se citar o sobrenome do autor do documento não consultado no original, seguido das expressões: apud, citado por, e o sobrenome do autor do documento efetivamente consultado.

Exemplo: “[...] apresenta a dinâmica do design na evolução da comunicação visual.” (CAPPARELLI, 19821 apud FONSECA, 1990, p.27).

3   Elementos Pós-Textuais

A lista de referências deve ser ordenada alfabeticamente, segundo a autoria dos documentos.

As referências devem ser relacionadas em lista própria, constando todas as fontes citadas no artigo, obedecendo a uma ordem alfabética única de sobrenome de autor e título para todo o tipo de material consultado.

Para a melhor compreensão e visualização, a seguir são transcritos exemplos de referências de diversos tipos de materiais.

 
Livros com 1 autor:

WAINER, Samuel. Minha razão de viver: memórias de um repórter. 11.ed. Rio de Janeiro: Record, 1988.

 
Livros com 2 autores:

FRANÇA, Junia Lessa; VASCONCELLOS, Ana Cristina de. Manual para normalização de publicações técnico-científicas. 7.ed. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2004.

 
Livros com 3 autores:

CUTLIP, Scott M.; CENTER, Allen H.; BROOM, Glen M. Effective Public Relations. 6. ed. Englewood Cliffs: Prentice-Hall, 1985.

 
Livros com mais de 3 autores:

FRANÇA, Júnia Lessa et al. Manual para normalização de publicações técnico- científicas. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1990.

 
Livros com organizadores, coordenadores:

MELO, José Marques de (Org.). Comunicação comparada: Brasil/Espanha. São Paulo: Loyola, 1990.

 
Partes de livros com autoria própria:

ESTEINOU MADRID, Javier. As tecnologias de comunicação e a transformação do estado capitalista. In: FADUL, Ana Maria (Org.). Novas tecnologias em comunicação. São Paulo: Summus, INTERCOM, 1986. p.123-126.

 
Dissertações, teses, trabalhos de conclusão de curso:

BORGES, Alexandra Bica. Uma contribuição ao estudo da biografia de Leonel de Moura Brizola. 2004. 137 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) - Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.

 
Trabalhos de eventos:

FRANCO, Antônio. A imprensa e a Europa 92. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE JORNALISMO, 2, 1989, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: IBM do Brasil, 1990. P.10-35.

 
Artigos de revistas/periódicos:

HAUSER, Silvia. O risco do marketing moderno. Meio & Mensagem, São Paulo, v. 13, n. 4, p. 6-12, abr. 1991.

 
Leis, decretos, portarias, etc.:

BRASIL. Decreto n.º 50.450, de 12 de abril de 1961: Regula a projeção de películas cinematográficas e propaganda comercial através das emissoras de televisão.

OUTROS PROCEDIMENTOS:

–     Todos os endereços de páginas na Internet (URLs) incluídos no texto devem obedecer à Lei de Direitos Autorais (LDA – Lei 9.610/1998).

–     O Comitê Científico Editorial da Revista REAMEC: Rede Amazônica de Pós- Graduação em Educação em Ciências e Matemática se reserva o direito de introduzir alterações nos originais, visando a manter a homogeneidade e a qualidade da publicação, respeitando, porém, o estilo e a opinião do autor.

–     A revisão será feita por profissionais com formação e especialização Stricto Sensu na área afim de formação do Autor.

–      Os artigos publicados na Revista REAMEC podem ser impressos total ou parcialmente, desde que seja obtida autorização expressa da direção da revista e do respectivo autor e que seja consignada a fonte da publicação original.

–   Em hipótese alguma serão aceitos trabalhos que não respeitem esses requisitos.

NORMAS

Os artigos devem ser apresentados em conformidade com as seguintes normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas:

a)  Apresentação de Artigos em Publicações Periódicas, NBR 6022/03;

b)  Resumos, NBR 6028/03 (Máximo de 200 palavras);

c)  Referências, NBR 6023/02;

d)  Citações, NBR 10520/02;

e)  Numeração Progressiva das Seções de um Documento, NBR 6024/03.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  3. URLs para as referências foram informadas quando possível.
  4. O texto está em espaço 1,5; usa uma fonte de 12pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
  7. Não violou e nem infringiu nenhum copyright ou nenhum outro tipo de direito de propriedade de outras pessoas, e que todas as citações no texto são fatos verdadeiros ou baseados em pesquisas de exatidão cientificamente considerável.
  8. Compromete-se, quando solicitado, a fornecer informações aos editores a respeito dos dados deste trabalho. Desta forma declara-se que todos os autores assume responsabilidade pelo conteúdo total do trabalho.
  9. O resumo possui no máximo 200 palavras.
 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.