REVISTA DIREITOS, TRABALHO E POLÍTICA SOCIAL

­­­­­­­A revista “Direitos, Trabalho e Política Social” vinculada aos Programas de Pós-Graduação em Política Social (PPGPS) e de Direito (PPGD), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), é um periódico semestral de divulgação de pesquisas, artigos, ensaios bibliográficos, resenhas, entrevistas e discussões acerca das temáticas trabalhadas pelos respectivos programas.

Cada edição aborda uma unidade temática previamente definida, considerando sua relevância na contemporaneidade e oferece oportunidade para a publicação de três a quatro artigos de temas livres.

A revista foi criada em 2015, fruto de parceria entre a Superintendência Regional do Trabalho (STR), Ministério Público do Trabalho (MPT), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Organização Internacional do Trabalho (OIT) e Fundação Uniselva, em torno de um projeto extensão implementado com a finalidade de enfrentar uma questão cara à realidade mato-grossense - o trabalho escravo, cuja experiência resultou na produção de conhecimento em torno dos dois eixos dos programas de pós-graduação – Direitos e Política Social.

Notícias

 
Nenhuma notícia publicada.
 
Outras notícias...

v. 5, n. 9 (2019): Revista Direitos, Trabalho e Política Social, v.5, n.9, jul./dez. 2019


Capa da revista

ISSN 2447-0023

Estado devedor, endividamento e política social

Em sua nona edição, a revista Direitos, Trabalho e Politica social no propósito de se consolidar como um veículo de divulgação de estudos e pesquisas desenvolvidos no âmbito dos programas de pós-graduação aos quais está vinculada - mestrado em Política Social e mestrado em Direito, analisa os efeitos da crise fiscal do Estado sobre os direitos, as políticas sociais e o trabalho.

A importância da escolha da temática Estado devedor, endividamento e política social, reside no fato de as políticas sociais, enquanto mecanismos  de mediação que participam da produção e reprodução das relações sociais,  encontrarem-se fortemente ameaçadas pelo acirramento da crise estrutural do capital na contemporaneidade.