MANEJO DE IRRIGAÇÃO PARA A ALFACE AMERICANA CULTIVADA EM AMBIENTE PROTEGIDO

Taynara Tuany Borges Valeriano, Márcio José Santana, Marcos Vinícius de Jesus, Letícia de Souza Leite

Resumo


A produção de alface em ambiente protegido, aliada ao uso de práticas como a irrigação, contribui para o aumento da produtividade e melhoria na qualidade desta hortaliça. O objetivo deste trabalho foi avaliar os métodos do Tanque Classe A, Tanque Alternativo, Blaney-Criddle, Hargreaves e Drenos Coletores, utilizados para estimativa da evapotranspiração de referência (ETo) e evapotranspiração da cultura (ETc), bem como seus efeitos sobre a produtividade da alface americana, em ambiente protegido. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com oito repetições e cinco métodos climáticos de estimativa da ETo e ETc, Hargreaves, Blaney-Criddle, Tanque Classe A, Tanque Alternativo (Minitanque) e Drenos coletores de água de percolação. As variáveis analisadas foram, massa total da planta, massa comercial, massa seca da cabeça, número de folhas internas e eficiência do uso da água. Os métodos climáticos representados pelas equações de Hargreaves e Blaney-Criddle apresentaram desempenho superior aos tanques evaporímetros, com produção comercial de 191,10 g planta-1 para o método de Hargreaves e de 173 g planta-1 para Blaney – Criddle. A maior eficiência do uso da água foi obtida utilizando também os métodos de Hargreaves e Blaney – Criddle, sendo estas 0,64 e 0,67 g mm-1, respectivamente.

Palavra-chave: eficiência do uso da água, evapotranspiração, Lactuca sativa L., estresse hídrico.

 

IRRIGATION MANAGEMENT METHODS CRISPHEAD LETTUCE GROWN IN A GREENHOUSE

 

ABSTRACT:

Lettuce is the main herbaceous vegetable in production and consumption of the Brazil. It is a culture dependent primarily of water, and its production in a protected environment, coupled with the use of irrigation practices, can contribute to increased yield and improved quality of vegetable. In this context and in the national water scenario the use of irrigation management techniques is essential. The current experiment was conducted in a greenhouse to evaluate the effects of irrigation established by different methods in the yield of lettuce grown in protected environment. The cultivar used was Taina, the crisphead type. The experimental design was a randomized block with 8 repetitions, 5 management methods of irrigation. Irrigation levels were established by equations Hargreaves, Blaney-Criddle, Tanque Classe A, Tanque Alternativo and Drenos Coletores. The variables evaluated were: total weight of the plant, yield (commercial weight or head), dry mass of head, number of inner leaves, head circumference, diameter and efficiency of water use. It was observed that climate methods represented by the equation Hargreaves and Blaney-Criddle outperformed the evaporimeters tanks when installed within protected environments. The greater efficiency of water use was obtained using the method Hargreaves and Blaney - Criddle, which is 0.64 and 0.67 g mm-1, respectively.

Keywords: water use efficiency, evapotranspiration, Lactuca sativa L., rational management.


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, M. C.; POZZA, E. A.; MACHADO, J. C.; ARAÚJO, D. V.; TALAMINI, V.; OLIVEIRA, M. S. Geoestatística como metodologia para estudar a dinâmica espaço-temporal de doenças associadas à Colletotrichum spp. transmitidos por sementes. Fitopatologia Brasileira, Brasília, v. 31, n. 6, p. 557-563, 2006. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-41582006000600004.

BANDEIRA, G. R. L.; PINTO, H. C. S.; MAGALHÃES, P. S.; ARAGÃO, C. A.; QUEIROZ, S. O. P.; SOUZA, E. R. SEIDO, S. L. Manejo de irrigação para cultivo de alface em ambiente protegido. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 29, n. 2, p. 237-241, 2011.

BORGES, A. C.; MENDIONDO, E. M. Comparação entre equações empíricas para estimativa da evapotranspiração de referência na Bacia do Rio Jacupiranga. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola Ambiental, Campina Grande, v. 11, n. 3, p. 293-300, 2007.

BRZEZINSKI, C. R.; ABATI, J.; GELLER, A.; WERNER, F.; ZUCARELI, C. Produção de cultivares de alface americana sob dois sistemas de cultivo. Revista Ceres, Viçosa, v. 64, n. 1, p. 083-089, jan/fev, 2017. DOI: 10.1590/0034-737X201764010012.

CAPORUSSO, N. B.; ROLIM, G. S. Reference evapotranspiration models using diferente time scales in the Jaboticabal region of São Paulo, Brazil. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 37, n. 1, p. 1-9, 2015.

DOORENBOS, J.; KASSAM, A. H. 2000. Efeito da água no rendimento das culturas. Campina Grande: Tradução Gheyi H.R. e outros, UFPb, FAO. 221p.

ESTEVES, B. dos S.; MENDONÇA, J. C.; SOUZA, E. F.; BERNARDO, S. Avaliação do Kt para estimativa da evapotranspiração de referência (ETo) em Campos dos Goytacazes - RJ. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 14, n. 3, p. 274-278, 2010.

FERNÁNDEZ, M. D.; BONACHELA, S.; ORGAZ, F.; THOMPSON, R.; LÓPEZ, J. C.; GRANADOS, M. R.; GALLARDO, M.; FERERES, E. Measurement and estimation of plastic greenhouse reference evapotranspiration in a Mediterranean climate. Córdoba: Irrigation Science, v. 28, n. 6, p. 497-509, 2010.

HARGREAVES, G. H. Climate and irrigation requirements for Brazil. Logan: Utah State University, 1976. 44 p.

KOETZ, M.; COELHO, G.; COSTA, C. C. C.; LIMA, E. P.; SOUZA, R. J. Efeito de doses de potássio e da frequência de irrigação na produção da alface americana em ambiente protegido. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 26, n. 3, p. 730-737, 2006.

LACERDA, Z. C.; TURCO, J. E. Estimation methods of reference evapotranspiration (ETo) for Uberlândia – MG. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 35, n. 1, p. 27-38, jan./fev. 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-4430-Eng.Agric.v35n1p27-38/2015.

LIMA JÚNIOR, J. A.; PEREIRA, G. M.; GEISENHOFF, L. O.; COSTA, G. G.; VILAS BOAS, R. C.; YURI, J. E. Efeito da irrigação sobre o efeito produtivo da alface americana, em cultivo protegido. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 14, n. 8, p. 797-803, 2010.

LIMA JÚNIOR, J. A.; PEREIRA, G. M.; GEISENHOLF, L. O.; SILVA, W. G.; VILAS BOAS, R. C.; LOBATO, A. K. S. Comportamento produtivo e econômico da alface americana em função de diferentes laminas de água. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 15, n. 11, p. 1161-1167, 2011.

MAEDA, E. E.; WIBERG, D. A.; PELLIKKA, P. K. E. Estimating reference evapotranspiration using remote sensing and empirical models in a region with limited ground data availability in Kenya. Applied Geography, Amsterdam, v. 31, n. 1, p. 251-258, 2011.

MAROUELLI, W. A.; SILVA, W. L. DE C.; SILVA, H. R. da. Manejo da irrigação em hortaliças. 5. ed. Brasília: EMBRAPA-SPI, 1996. 72 p.

OLIVEIRA, A. C. B.; SEDIYAMA, M. A. N.; PEDROSA, M. W.; GARCIA, N. C. P.; GARCIA, S. L. R. Divergência genética e descarte de variáveis em alface cultivada sob sistema hidropônico. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v. 26, p. 211-217, 2004.

PAIVA, A. S.; FERNANDES, E. J.; RODRIGUES, T. J. D.; TURCO, J. E. P. Condutância estomática em folhas de feijoeiro submetido a diferentes regimes de irrigação. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 25, n. 1, p. 161-169, 2005.

PAYERO, J. O.; TARKALSON, D. D.; IRMAK, S.; DAVISON, D.; PETERSEN.J. Effect of irrigation amounts applied with subsurface drip irrigation on corn evapotranspiration, yield, water use efficiency, and dry matter production in semiarid climate. Agricultural Water Management, v. 95, p. 895-908. Universityof Nebraska – Lincoln, 2008.

QUEIROZ, S. O. P.; TESTEZLAF, R.; MATSURA, E. 2004. Avaliação de equipamentos para a determinação da condutividade elétrica do solo. Irriga, Botucatu, v. 10, n. 3, p. 279-287, 2005.

SAMMIS, T. W. Crop production functions for alfalfa and cotton. Presented at the 1980 Summer Meeting of the ASAE at the San Antonio Convention Center. San Antonio, Texas, June 15-18. Paper n. 80-2089, 1980.

SENTELHAS, P. C.; GILLESPIE, T. J.; SANTOS, E. A. Evaluation of Penman-Monteith and alternative methods for estimating reference evapotranspiration with missing data in Southern Ontário, Canada. Agricultural Water Management, Amsterdam, v. 97, n. 5, p. 635-644, 2010.

SEZEN, S. M.; AKYILDIZ, A.; DASGAN, H. Y.; GENCEL, B. Yield and quality response of drip irrigated green beans under full and deficit irrigation. Scientia Horticulturae, v. 117, p. 95-102. Tarsus, 2008.

SGANZERLA, E. Nova Agricultura: a fascinante arte de cultivar com os plásticos. 5. ed. Guaíba: Agropecuária, p. 342, 1995.

SILVA, L. C.; RAO, T. V. R. Avaliação de métodos para estimativa de coeficientes da /cultura de amendoim. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 10, n. 1, p. 128-131, 2006.

TOGNETTI, R.; PALADINO, M.; MINNOCCI, A.; DELFINE, S.; ALVINO, A. The response of sugar beet to drip and low-pressure sprinkler irrigation in southern Italy. AgriculturalWater Management, v. 60, p.135-155, 2003.

TURINI, T.; CAHN, M.; CANTWELL, M.; JACKSON, L.; KOIKE, S.; NATWICK, E.; SMITH, R.; SUBARRAO, K.; TAKELE, E. Iceberg lettuce production in California, 2011. Disponível em: .

VALERIANO, T. T. B.; SANTANA, M. J.; OLIVEIRA, A. F.; MACHADO, L. J. M.; Alface americana cultivada em ambientes protegido submetida a doses de potássio e laminas de irrigação. Irriga, Botucatu, v. 21, n. 3, p. 620-630, 2016.

VALIATI, I.; SANTOS, R. F.; ROSA, H. A.; WAZILEWSKI, W. T.; CHAVES, L. I.; GASPARTIN, E. Eficiência da Irrigação na Cultura da Alface (Lactuca sativa L.). Acta Iguazu. Cascavel, v. 1, n. 2, p. 53-66, 2012.

VILAS BOAS, R. C.; CARVALHO, J. de A.; GOMES, L. A. A.; SOUSA, A. M. G. de; RODRIGUES, R. C.; SOUZA, K. J. de. Avaliação técnica e econômica da produção de duas cultivares de alface tipo crespa em função de lâminas de irrigação. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 2, p. 525-531, 2008.

YURI, J. E.; SOUZA, R. J. de; FREITAS, S. A. C. de; RODRIGUES JÚNIOR, J. C.; MOTA, J. H. Comportamento de cultivares de alface tipo americana em Boa Esperança. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 20, p. 229-232, 2002.

YURI, J. E.; RESENDE, G. M.; COSTA, N. D.; GOMES, A.S. Desempenho agronômico de genótipos de alface americana no Submédio do Vale do São Francisco. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 35, p. 292-297, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-053620170222.




DOI: http://dx.doi.org/10.31413/nativa.v6i2.5024

Apontamentos

  • Não há apontamentos.