Comparação de deslocamentos e tensões normais de um grupo de paredes de um edifício em alvenaria estrutural: método dos elementos finitos versus elementos de pórtico espacial

João Vitor Silva, Cláudio Cruz Nunes

Resumo


A alvenaria estrutural tem como vantagens a economia de fôrmas, a redução significativa de revestimentos, a redução nos desperdícios de material e mão-de-obra, a redução do número de especialidades e a flexibilidade na execução da obra. O painel de contraventamento é o elemento resistente aos esforços de flexão, sendo definido pela área do grupo estrutural na direção do plano de atuação do momento fletor e abas perpendiculares, sem avaliar se estão na direção dos eixos principais de inércia. Foram comparados os modelos espaciais de Grupos Isolados de Paredes, em que os grupos de paredes são tomados independentes entre si, o de Grupos de Paredes com Interação, em que os lintéis que ligam as paredes são modelados como vigas, e a modelagem em elementos finitos (MEF) de casca. Utilizou-se da dependência generalizada entre deslocamentos para simular o comportamento de diafragma rígido da laje e excentricidades dos lintéis. Após a obtenção dos resultados, observou-se que o deslocamento da estrutura no modelo de MEF e no de Grupos Isolados na direção X diferiu de 10,85%, e na direção Z, 7,94%. Isso se deve a modelagem em elementos finitos apenas do grupo G1, semelhante ao que ocorre no modelo de Grupos Isolados. Quanto às tensões, como as diferenças chegaram a 17,28%, entre os modelos de MEF e Grupos Isolados, recomenda-se calcular um grupo com geometria complexa, como abordado neste trabalho, pelo método dos elementos finitos.

Palavras-chave


Cálculo com Grupos de Paredes Isoladas e com Interação; Método numérico; Pórticos espaciais; Painel de contraventamento

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS). NBR 6118 – Projeto de

estruturas de concreto - Procedimento. Rio de Janeiro, 2014.

__________. NBR 6120 – Cargas para o cálculo de estruturas de edificações. Rio de Janeiro,

__________. NBR 6123 – Forças devido ao vento em edificações. Rio de Janeiro, 2013.

__________. NBR 15961-1 – Alvenaria estrutural – Blocos de concreto - Parte 1: Projeto.

Rio de Janeiro, 2011.

__________. NBR 15812-1 – Alvenaria estrutural – Blocos cerâmicos - Parte 1: Projetos. Rio

de Janeiro, 2010.

ANDREGHETTO, D. H.; NUNES, C. C. Análise de colapso progressivo em alvenaria

estrutural. In: 5º. Seminário Mato-grossense de Habitação de Interesse Social, Universidade

Federal de Mato Grosso, Anais…, Cuiabá, 2013.

AUTODESK. Disponível no site: https://www.autodesk.com.br/. Acesso em 20 dez. 2018.

CASTRO, L. O.; ALVARENGA, R. C. S. S.; SILVA, R. M.; RIBEIRO, J. C. L.

Experimental evaluation of the interaction between strength concrete block walls under

vertical loads. IBRACON Structures and Materials Journal, v. 9, n° 5, p.643–681, 2016.

http://dx.doi.org/10.1590/S1983-41952016000500002

LEMES, H. R. S. L.; NUNES, C. C. Avaliação do coeficiente ???????? em situação estrutural

próxima do seu limite de aplicação. E&S – Engineering and Science, v. 2, p.33-45, 2017.

http://dx.doi.org/10.18607/ES201765451

NUNES, C. C. Dependência linear generalizada entre deslocamentos de modelos

reticulados, placas e cascas. Dissertação (Mestrado). 131f. Pós-Graduação em Ciências em

Engenharia Civil, Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de

Engenharia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1994.

NUNES, C. C.; JUNGES, E.; Comparação de custo entre estrutura convencional em concreto

armado e alvenaria estrutural de blocos de concreto para edifício residencial em Cuiabá-MT.

In: XII Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, Anais…, Fortaleza, 2008.

NUNES, C. C.; CARVALHO, H. P. Experimentos numéricos com um edifício de alvenaria

estrutural calculado com dependência generalizada entre deslocamentos. In: 52.º Congresso

Brasileiro do Concreto, Anais…, Fortaleza, 2010.

PIZZATTO, G. S. Comparação de custos entre estrutura convencional em concreto

armado, alvenaria estrutural de bloco de concreto e alvenaria estrutural de bloco

cerâmico para edifício residencial em Cuiabá. Trabalho de Graduação (Bacharelado em

Engenharia Civil) – Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologias, Universidade

Federal de Mato Grosso, 75 pg., Cuiabá, 2009.

RAMALHO, M.; CORRÊA, M. R. S. Projeto de edifícios de alvenaria estrutural. São

Paulo: PINI, 2003.

SILVA, V. M. A. Análise estática e dinâmica de cascas cilíndricas axissimétricas pelo

Método dos Elementos Finitos. Monografia (Graduação em Engenharia Civil). 53f. Centro

de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.

SORIANO, H. L. Elementos Finitos – Formulação e Aplicação na Estática e Dinâmica

das Estruturas. 1ª. edição, Rio de Janeiro: Moderna, 2009.

TAUIL, C. A.; NESE, F. J. M. Alvenaria estrutural. São Paulo: PINI, 2010




DOI: http://dx.doi.org/10.18607/ES201988588

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo