O rumo trilhado pelo IFMT: 2009-2019

Nádia Cuiabano Kunze

Resumo


No ano comemorativo dos 110 anos da RFEPCT, o Seminário de Educação da UFMT propiciou importante espaço de socialização de conhecimentos, troca de informações e experiências sobre os rumos da educação profissional federal. Nessa oportunidade, este texto foi apresentado enquanto recorte do tema abrangente, objetivando promover uma reflexão inicial sobre os 10 anos do IFMT naquela centenária rede. Pela pesquisa documental, verificou-se que, configurado segundo definições legais instituidoras, o estabelecimento tem oferecido ensino, pesquisa e extensão em 15 microrregiões e 5 mesorregiões estaduais, oportunizando aos cidadãos educação básica e superior, acesso a conhecimentos científicos e tecnológicos, e a inclusão social.


Palavras-chave


IFMT. RFEPCT. Centenário da Rede Federal de EPT. Educação Profissional Científica e Tecnológica.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Políticas e resultados: 1995-

A Reforma da Educação Profissional. Brasília: MEC; SEMTEC, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Anais do Seminário Nacional

de Educação Profissional: Concepções, Experiências, Problemas e Propostas. Brasília: MEC; SEMTEC, 2003.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Políticas públicas para a

educação profissional e tecnológica. Brasília: MEC; SETEC, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Plano de Expansão

Rede Federal de Educação Tecnológica. Brasília: MEC; SETEC, 2005.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Programa de Integração da

Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio na Modalidade de Educação

de Jovens e Adultos: PROEJA: Documento Base. Brasília: MEC; SETEC, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Educação profissional

técnica de nível médio integrada ao ensino médio: Documento base. Brasília: MEC; SETEC, 2007a.

BRASIL. Ministério da Educação. O Plano de Desenvolvimento da Educação: Razões, princípios e

programas. Brasília: MEC, 2007b.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Chamada Pública

MEC/SETEC nº 001/2007: Propostas para apoio ao Plano de Expansão da Rede Federal de Educação

Tecnológica – Fase II. Brasília: MEC; SETEC, 2007c.

BRASIL. Decreto nº 6.095, de 24 de abril de 2007. Estabelece diretrizes para o processo de integração de

instituições federais de educação tecnológica, para fins de constituição dos Institutos Federais de Educação,

Ciência e Tecnologia - IFET, no âmbito da Rede Federal de Educação Tecnológica. Diário Oficial da União, República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 25 abr. 2007d. Seção 1, p. 6.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Chamada Pública

MEC/SETEC nº 002/2007: Propostas para constituição dos Institutos Federais de Educação, Ciência e

Tecnologia - IFET. Brasília: MEC; SETEC, 2007e.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. PROEP: Sumário

Executivo - 2008. Brasília: MEC; FNDE, 2008a.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Concepção e diretrizes.

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Brasília: MEC; SETEC, 2008b.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Educação Profissional e

Tecnológica: série histórica e avanços institucionais 2003-2016. Brasília: MEC; SETEC, 2016.

CEFET-MT; CEFET-CUIABÁ; EAF-CÁCERES. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato

Grosso: Proposta de Constituição. Cuiabá: [s.n.], 2008. 53 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Cidades@: Mato Grosso. Brasília: IBGE,

Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2020.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO (IFMT). Relatório de

Gestão. Cuiabá: IFMT/Reitoria, 2009-2019.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO (IFMT). Regulamento

Geral da Política de Assistência Estudantil. Cuiabá: IFMT/Reitoria, 2017a.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO (IFMT). Regulamento

da Política de Acompanhamento do Egresso. Cuiabá: IFMT/Reitoria, 2017b.

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO (IFMT). Plano de

Desenvolvimento Institucional (PDI): 2019-2023. Cuiabá: IFMT/Reitoria, 2019.

KUNZE, Nádia Cuiabano. A Escola de Aprendizes Artífices de Mato Grosso: (1909-1941). 2005. 223 p.

Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá,

MT, 2005.

KUNZE, Nádia Cuiabano. O surgimento da rede federal de educação profissional nos primórdios do regime

republicano brasileiro. Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica, Brasília, v. 2, n. 2, p. 8-

, 2009. Disponível em: . Acesso em: 14 abr.

KUNZE, Nádia Cuiabano. Escola Industrial de Cuiabá: gênese e organização (1942-1968). 2011. Tese

(Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2011.

KUNZE, Nádia Cuiabano. A reorganização da rede federal de educação profissional no âmbito da Reforma

Capanema. In: CERECEDO, Alicia Civera; FERNÁNDEZ, Carlos Escalante; ROCKWELL, Elsie (Coord.).

Sujetos, poder y disputas por la educación. Zinacantepec, Estado de México: El Colegio Mexiquense;

Sociedad Mexicana de la Historia de la Educación, 2014. p. 1148-1157.

Disponível em:

A30660EBBD%215137&canary=KKA7Gq%2Fb7W569YMgpMT3dMvRZZqnJN7os5oltXyMqXc%3D7&ithint=%2

Epdf&open=true&app=WordPdf>. Acesso em: 14 abr. 2020.

LIMA, Katia Valeria Alves de et al. A criação da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e

Tecnológica (RFEPCT) e a origem do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). 2017. 192 p. Dissertação

(Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO, 2017.

MAGALHÃES, Justino Pereira de. Um apontamento metodológico sobre a história das instituições educativas.

In: SOUSA, Cynthia Pereira de; CATANI, Denice Bárbara (Org.). Práticas educativas, culturas escolares,

profissão docente. São Paulo: Escrituras, 1998. p. 51-69.

MAGALHÃES, Justino Pereira de. Tecendo Nexos: História das Instituições Educativas. Bragança Paulista:

EDUSF, 2004.

NOSELLA, Paolo; BUFFA, Ester. As pesquisas sobre instituições escolares: o método dialético marxista de

investigação. EccoS: Revista Científica, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 351-368, jul./dez. 2005. Disponível em:

. Acesso em: 14 abr. 2020.

POLICARPO, Renata Raizel. Por que as instituições mudam?: O caso do IFMT. 2013. 61 f. Dissertação

(Mestrado em Ciência Política) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, 2013. Disponível em:

Policarpo.pdf >. Acesso em: 14 abr. 2020.

SÁ, Elizabeth Figueiredo de. Cuiabá 300 anos: Debates sobre Ensino, Pesquisas e Inovações. Revista

Educação Pública, Cuiabá, v. 28, n. 69, p. 827-829, set./dez. 2019. Informes da pós-graduação e da pesquisa.

SANTOS, José Deribaldo dos. A profissionalização imposta por decreto: notas sobre a reformulação neoliberal

na educação dos trabalhadores brasileiros. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 9, n. 13,

p. 230-240, dez. 2017. Disponível em:

. Acesso em: 14 abr. 2020.




DOI: https://doi.org/10.29286/rep.v29ijan/dez.10015

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


     
 
 

Fontes de Indexação:

        
 
 
 
R. Educ. Públ. Cuiabá:UFMT. Av. Fernando Corrêa da Costa, 2367, Boa Esperança. Cuiabá-MT, Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, sala 02 térreo.. CEP: 78.060-900 – Telefone: (65) 3615-8466. Homepage: http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica; E-Mail: rep@ufmt.br
 
Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License
 
 
 

 

contador de visitantes Acessos

Design e editoração eletônica